Agenda Cultural

Adriana Calcanhoto, 24 abril, 21h30, Coliseu do Porto

coliseu_5Adriana Calcanhotto - A Mulher do Pau-Brasil

24 abril, 21h30

Regresso aos palcos nacionais de uma das artistas brasileiras mais queridas pelo público português.

Nomeada Embaixadora da Universidade de Coimbra em 2015, Adriana Calcanhotto tem desenvolvido um trabalho de divulgação e estudo da literatura portuguesa junto de diversas Universidades Europeias e Brasileiras, dando-se conta que, atualmente, no Brasil é vista como a “Embaixadora da Universidade de Coimbra” e, na Europa, sente-se cada vez mais “A Mulher do Pau-Brasil”.

Inspirada no movimento modernista brasileiro dos anos 20, no seu “Manifesto da Poesia Pau-Brasil”, e na sua influência sobre o Tropicalismo (toda a informação externa deve ser devorada e reinventada nos seus próprios termos), e com base na aprendizagem, pesquisa e trabalhos desenvolvidos como professora da Universidade de Coimbra e Embaixadora da Língua Portuguesa, Adriana Calcanhotto cria um novo espetáculo, no qual reflete sobre todas estas novas experiências. Sucessos, temas inéditos, novas leituras e reinvenções.

Adriana Calcanhotto será acompanhada por Gabriel Muzak, guitarra, mpc e voz, e Ricardo Dias Gomes, no piano, baixo e voz.

coliseu_6Nilton - Falta de Juízo

27 abril, 22h

Nilton regressa ao Coliseu do Porto... e vai ser muito melhor que da última vez.

“Porque é outro espetáculo. Porque este é muito melhor, e porque fui eu que escrevi isto e não fazia sentido dizer o contrário.
Obrigado.”

coliseu_7Masha e o Urso

28 abril, 15h30 + 18h30

As tuas personagens preferidas da televisão vão estar à tua frente!!

Os mais pequenos vão poder conhecer e tirar uma fotografia com a Masha e o Urso depois deste grande espetáculo, através da compra de um bilhete Meet and Greet. Esta edição é limitada, então não perca esta oportunidade única.

Venha assistir a este mágico espetáculo e traga a família para ajudar a Masha e os seus amigos!

e-max.it: your social media marketing partner

O Fascismo (Aqui) Nunca Existiu!, 24 e 25 abril, Fórum da Maia

forum_maia6O Fascismo (Aqui) Nunca Existiu!

24 abril, 21h30 | 25 abril, 16h, Fórum da Maia

O primeiro espetáculo de um tríptico teatral denominado "Identificação De Um (O Meu!) País" sobre a vida em Portugal nos últimos 70 anos, de 1945 até aos nossos dias.

Esta primeira abordagem, que o Teatro Art’Imagem estreou no final de 2017, abarca o período que vai de 1945, ano em que terminou a Segunda Guerra Mundial e em que nasceu a personagem, um homem que dá testemunho de como foi viver em Portugal nesses tempos, até à manhã do 25 de Abril de 1974.

Um olhar muito pessoal, uma revisitação, uma retrospetiva do quotidiano da(s) vida(s) de um português e dos portugueses, através de alguém que, intervindo ativamente na vida política, social e cultural do nosso país, interpreta com os olhos de hoje, as suas vivências pessoais e os acontecimentos nacionais e globais que o marcaram como pessoa e nos marcaram como povo. Como o poeta, diz a personagem, “viver para contar”.

Histórias, uma verdadeiras (ou mais ou menos) outras inventadas do seu pequeno mundo, próprias, da sua família ou dos seus vizinhos da ilha do Porto em que habitou durante a sua infância e juventude, misturadas com a vida das personagens e heróis que conheceu nos seus primeiros livros e filmes, na telefonia onde o mundo (ainda que censurado) entrava em sua casa, a primeira que teve um rádio em todo o bairro, antes do aparecimento da televisão que o apanhou já rapazote, das notícias e acontecimentos que diariamente acompanhava pelos jornais e as longas conversas com os outros que lhe contavam o mundo.

Texto, dramaturgia, direção e encenação José Leitão | assistência de encenação Daniela Pego | interpretação Flávio Hamilton, Inês Marques, Luís Duarte Moreira, Patrícia Garcez e Susana Paiva | direção técnica, desenho de luz e vídeo André Rabaça | direção de movimento Costanza Givone e Daniela Cruz | figurinos Luísa Pinto | espaço cénico José Leitão e José Lopes | música Pedro ‘Peixe’ Cardoso | fotografia Paulo Pimenta | produção Sofia Leal e Daniela Pêgo

e-max.it: your social media marketing partner

Comemorações do 25 de Abril

25abril_portoComemorações do 25 de Abril

24 e 25 abril, Porto

O 44.º aniversário da Revolução dos Cravos vai ser assinalado na cidade do Porto com um programa que contempla música, fogo de artifício, jogos tradicionais, workshops e um Desfile pela Liberdade, entre outras iniciativas.

As comemorações têm início iniciam-se na noite de 24 de abril, com um concerto nos Aliados pelo músico portuense Bezegol.

Pouco antes da meia-noite, e a anteceder o lançamento do fogo de artifício, atua o Coral da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, que assinalará a entrada no Dia da Liberdade com o tema "Grândola, Vila Morena", de Zeca Afonso.

Já no feriado do 25 de Abril, a programação arranca a partir das 10h, na Praça D. João I, com uma manhã dedicada aos mais pequenos, com vários jogos tradicionais e ateliês ligados ao tema da revolução e da liberdade.

e-max.it: your social media marketing partner

Roast Fernando Rocha| Um jantar só para dois | A Pequena Sereia, 22 abril, Teatro Sá da Bandeira

teatro_sa_band5Roast Fernando Rocha

24 e 25 abril, 22h30, Teatro Sá da Bandeira

Depois do enorme sucesso dos Roasts anteriores no Teatro Sá da Bandeira, a InvictaComédia do humorista Rui Xará associa-se novamente ao TSB e à FLY Produções para levar a palco o mais épico dos eventos: um Roast ao incomparável Fernando Rocha! Em duas noites de puro delírio por onde desfilarão oito convidados diferentes em cada uma delas e mais uma ou outra surpresa, com a intenção clara e explícita de homenagearem o comediante de Rio Tinto assando-o com todas as sevícias verbais adequadas à figura em questão!

Assim, pelo palco do Sá da Bandeira, passarão os seguintes convidados: no dia 24 abril: Rui Zink, Paulo Almeida, Jel, Miguel 7 Estacas, João Seabra, Carlos Moura, Jaimão e Paulo Baldaia; no dia 25 abril: Hugo Sousa, Francisco Menezes, Alexandre Santos, Serafim, Pedro Alves, Luís Ismael, Pedro Neves e Óscar Branco.

Com apresentação de Rui Xará e música ao vivo pelos The Cover Van, estas prometem ser duas datas que entrarão nos anais da comédia em Portugal.

teatro_sa_band6Um jantar só para dois

27 a 29 abril, sexta e sábado 21h30 | domingo 16h, Teatro Sá da Bandeira

"Um jantar só para dois" é o mote principal de uma comédia genial, escrita pelo espanhol Santiago Moncada e dirigida pelo encenador Celso Cleto.

Este é um espetáculo comemorativo: Victor Espadinha completa este ano os seus 60 anos de carreira.

Emília (Sónia Aragão) e Berta (Paula Sá) são duas grandes amigas de infância que sempre partilharam tudo...

Pedro (Victor Espadinha) é um cavalheiro distinto, sempre muito disponível, mas, infelizmente, outras vezes nem tanto...

O nosso protagonista da história será o grande convidado para o jantar desta noite, um jantar muito especial e hilariante onde tudo pode acontecer...

Autoria Santiago Moncada | direção Celso Cleto | elenco Victor Espadinha, Paula Sá e Sónia Aragão | tradução Miguel Ferreira | assistência de encenação Helena Veloso | assistência geral Rita Cleto | conceção cénica Celso Cleto | figurinos Nuno Vidigal | grafismo Patricia Gomes | som e luz Tiago Pedro

teatro_sa_band4A Pequena Sereia - Musical

29 abril, 6, 13 e 20 maio, 11h30, Teatro Sá da Bandeira

“Muito longe da terra, onde o mar é muito azul, vivia o povo do mar. O rei desse povo tinha seis filhas, todas muito bonitas, e donas das vozes mais belas de todo o mar.

A filha mais nova era especial, com sua pele fina e delicada como uma pétala de rosa e os olhos azuis como o mar. Como as irmãs, não tinha pés mas sim uma cauda de peixe. Ela era uma sereia.”

A partir do conto original de Hans Christian Andersen, Francisco Santos e a sua equipa apresentam “A Pequena Sereia”, um musical cheio de cor e fantasia. Ao longo de uma hora, o Teatro Sá da Bandeira irá transformar-se num imenso com as aventuras e descobertas da filha irrequieta do Rei Tritão, sempre acompanhada pelos seus fiéis amigos. Não irá faltar a terrível Bruxa do Mar e os seus lacaios que tudo farão para complicar a vida, mas no final tudo acabará bem.

Texto, encenação e direcção artística Francisco Santos | direção de atores Filipa Guedes | cenografia e figurinos Andrea Graf

teatro_sa_band7Vozes da Rádio

30 abril, 22h, Teatro Sá da Bandeira

Em 2016, ano em que celebraram as bodas de prata, as Vozes da Rádio lançam “Canções do Homem Comum”, o seu décimo trabalho discográfico.

O homem comum é sonhador, apaixonado, criativo, romântico, observador, interventivo, crítico, alegre, divertido, irrequieto, por vezes melancólico, outras triste, outras ainda vingativo. É tudo isto, mais ainda, e tem um excelente sentido de humor. O melhor é conhecê-lo.

As Vozes da Rádio são um quinteto vocal formado em 1991 na cidade do Porto.

e-max.it: your social media marketing partner

Sugestões Casa da Música

casamusica_logo

cmusica_19Lola Lola

Quarta, 25 abril, 21h30, Café Casa da Música | Entrada livre

Com raízes no sempre pulsante e inovador movimento criativo da cidade do Porto, os Lola Lola formaram-se em 2014, fruto da junção de um trio já muito experimentado nas lides musicais: Tiago Gil (guitarra), Miguel Lourenço (baixo) e Hélder Coelho (bateria), todos ex-Os Tornados, aos quais se acrescentou um pujante sax barítono e a desconcertante voz de Carla Capela, conhecida da noite portuense como DJ Just Honey. Alimentados pelo universo musical das décadas de 50 e 60 e inspirados pelo R&B/Popcorn, 60’s Beat e Rock and Roll, os Lola Lola assinaram contrato, no início de 2015, por uma das mais importantes e prestigiantes editoras independentes da Europa, a espanhola Sleazy Records, que lançou os singles “Money in the Can” (2015), “Sweet Lovin’” (2016) e o mais recente double-sider “Voodoo Man/VoodooWoman”(2018).

cmusica_20Orquestra Bamba Social & Tiago Nacarato

Quarta e quinta, 25 e 26 abril, 21h30, Sala Suggia | €12-€15

A paixão pelo samba juntou este coletivo de músicos luso-brasileiros que revisitam os clássicos da música brasileira desde os anos 30 até aos dias de hoje, acrescentando-lhes novas sonoridades. Bamba Social é acima de tudo um conceito que revive os anos dourados da boémia carioca, onde a música, a dança e o convívio se fundiam em alegres bailes. Este espetáculo único marca a estreia do projeto na Casa da Música, num novo formato, com a apresentação de canções originais para além dos temas mais badalados. A este concerto juntam-se vários convidados, entre os quais o cantor Tiago Nacarato, parceiro habitual da Orquestra Bamba Social que vem fazendo também um percurso musical a solo em grandes salas nacionais e no programa televisivo The Voice.

cmusica_21Entr’Amis Quartett

Quinta, 26 abril, 22h, Café Casa da Música | Entrada livre

Cláudio Vaz piano

Herlander Sousa flauta

Jané Mendes contrabaixo

Micael Lourenço percussão

Criado com o intuito de fazer música estilisticamente diversa, Entr’Amis Quartett é constituído por músicos de formação clássica que pretendem explorar repertório pouco interpretado nos dias de hoje, num estilo de fusão jazz/música erudita. Neste concerto, focam-se na música do compositor e pianista francês Claude Bolling, um repertório pouco conhecido do público em geral.

cmusica_22Fernando Tordo

Sexta, 27 abril, 21h30, Sala Suggia | €20

Em 2018, Fernando Tordo assinala 70 anos de vida e 50 de canções, sendo o mote para o regresso de um dos autores essenciais da música portuguesa aos grandes palcos. Num concerto intimista, o músico revisita um repertório infindável, repleto de canções eternas que, de modo desassombrado, ousaram moldar os tempos.

e-max.it: your social media marketing partner