O que a arte pode fazer pela sua empresa, segundo conferência na PEA

Atenção, abrirá numa nova janela. PDFVersão para impressãoEnviar por E-mail
ippO compositor e professor da ESMAE Dimistris Andrikopoulos e o maestro Rafael Montes vão explicar, por analogia de uma empresa com uma orquestra, “O que a Arte pode fazer pela sua empresa", num ciclo de debates que abre no próximo dia 21, na Porto Executive Academy (PEA), do Politécnico do Porto, com a conferência "Sintonia, Sincronia e Sinergia”, direcionada para a liderança e team building.

O maestro Rafael Montes, segundo nota à imprensa, centrará a sua intervenção nos 3 S’s - Sintonia, Sincronia e Sinergia de uma Orquestra Vs Empresa e o compositor Dimitris Andrikopoulos contará, na primeira pessoa, o trabalho que desenvolveu, na Holanda, com um maestro americano, junto de multinacionais. Dimitris Andrikopoulos assegura que o “fluxo de informação dentro de uma orquestra sinfónica é igual ao fluxo de uma empresa”, sendo que durante a execução de uma obra musical a informação é tratada a vários níveis, tal como é numa empresa, nas diferentes hierarquias. Dimitris dedicará ainda parte da sua intervenção aos benefícios da Educação Musical na infância e juventude, no desenvolvimento do pensamento abstrato.
"O que a Arte pode fazer pela sua empresa" é organizado pela PEA, em parceria com a Academia das Emoções, e começa dia 21 de março, terça-feira, pelas 18 horas, no edifício da Presidência do Politécnico do Porto, moderado pelo docente, Salvador Araújo.
e-max.it: your social media marketing partner