Percurso cultural parte à descoberta dos judeus no Porto

Atenção, abrirá numa nova janela. PDFVersão para impressãoEnviar por E-mail
se_portoA presença judaica na cidade do Porto vem de longe, revelando-se firme, ainda que secreta. Mesmo após D. Manuel I ordenar a sua conversão ou expulsão do território nacional, foram muitos os judeus/cristãos novos que mantiveram, em segredo, os seus rituais religiosos.

Assim, o percurso cultural da próxima quarta-feira, 19 de julho, tem ponto de encontro no Terreiro da Sé, às 14h30 e sob condução do técnico municipal Manuel Araújo, avança o portal de notícias da autarquia. Os participantes terão, com efeito, a oportunidade de descobrir alguns dos lugares mais marcantes da presença da comunidade judaica no Porto.
Entre outros locais do Centro Histórico, será visitada a "sinagoga secreta", onde, conta o Porto., os judeus "mantiveram as suas reuniões pós-conversão, situada no edifício da Rua de São Miguel onde funciona o Lar e Centro de Dia para Idosos da Paróquia de Nossa Senhora da Vitória".
Refira-se que os vestígios desta sinagoga foram descobertos pelo pároco, em 2005, durante as obras de construção do referido lar, sendo classificado como Monumento de Interesse Público, além de que está incluído na zona de Património da Humanidade.
A participação nesta iniciativa tem um custo de 3 euros e o bilhete pode ser adquirido online. Mais informações através do email Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar ou do telefone 223 393 480.
e-max.it: your social media marketing partner