Turismo do Porto vai promover a região em mercados emergentes

Atenção, abrirá numa nova janela. PDFVersão para impressãoEnviar por E-mail
porto42Em 2018, a Associação de Turismo do Porto e Norte vai investir meio milhão de euros em ações de promoção da região em mercados como China, Canadá ou Brasil. A medida visa combater a sazonalidade turística do Norte.

A aposta será feita “em mercados que possibilitam um crescimento sustentado e um combate à sazonalidade da procura do destino”, e para tal, em 2018, a Associação de Turismo do Porto e Norte (ATP) vai investir na promoção externa um “valor superior” ao investido em 2017, que se cifra em “cerca de 400 mil euros”, disse à agência Lusa Sandra Lorenz, diretora interina da Promoção Externa da instituição.
A promoção externa da região vai passar por ações de charme e ‘fam trips’ [viagens de familiarização] junto de agentes de viagem, promotores turísticos e jornalistas de “Espanha, França, Alemanha, Reino Unido, Brasil, Holanda, EUA, Itália, China, Canadá, Polónia e Israel”. Tudo isto para cativar os “mercados prioritários” e “emergentes”, dando-lhes a perspetiva de que o Porto é um “porto de chegada e um ponto de partida para conhecer o Douro, Minho e Trás-os-Montes”, explicou Sandra Lorenz.
A ATP tem vindo a realizar, ao longo de 2017, várias ações de promoção junto de agentes de viagem e promotores turísticos, mas também junto de jornalistas de publicações do Reino Unido, Espanha, EUA, Alemanha, Brasil, ou do México, além de ter apoiado a produção de conteúdos para revistas de bordo.
Segundo Sandra Lopez, “a intenção é sempre a de mostrar a região como um todo, como uma possibilidade alargada de juntar aventura, história, cultura, gastronomia, património e um sem número de possibilidades de usufruir o que de melhor podemos encontrar, quer seja como ‘backpacker’ [mochileiro], ou com o luxo da exclusividade”, já que o Norte, lembra a responsável, “é uma região rica em património natural e cultural” e “reconhecida pela sua excelência e pela sua forma calorosa de saber receber”.
Destaque para uma ‘fam trip’ que a ATP realizou, no início deste mês, com 14 operadores turísticos da China, no âmbito de atividades desenvolvidas pela European Travel Comission para a preparação do Ano da União Europeia na China, que terá lugar em 2018, e para a participação, este ano e pela primeira vez, na Feira ILTM Cannes 2017, um evento em França dedicado ao turismo de luxo.
“O equilíbrio da procura do destino” é o grande objetivo da ATP, explicou a responsável, e a organização das ‘fam trips’ assume uma “importância extrema, nomeadamente no que se refere à criação de momentos de ‘networking’ [trabalho em rede], ímpares entre os associados e operadores e agentes turísticos de todo o mundo”.
A ATP é uma organização sem fins lucrativos, fundada em 1995 por um conjunto de instituições com interesse no desenvolvimento da atividade turística no Porto e Norte de Portugal.
e-max.it: your social media marketing partner
Faixa publicitária
Faixa publicitária