Faixa publicitária

O que não pode perder nas atividades paralelas à exposição na Galeria Municipal do Porto

galeria_municipal_portoOs curadores Miguel von Hafe Pérez e Pedro Rocha juntam-se a Carla Filipe nas atividades paralelas da exposição "O ontem morreu hoje, o hoje morre amanhã", patente até 19 de agosto na Galeria Municipal do Porto.

Com início marcado para as 17h de sábado, 21 de julho, a primeira aula aberta está a cargo do crítico, curador e historiador de arte Miguel von Hafe Pérez. O texto "Proletários e Intelectuais", escrito pelo curador para a publicação da exposição, serve como ponto de partida para a sessão, que explorará quais as ligações e contaminações entre as práticas sociais noturnas e as práticas musicais e artísticas dos finais dos anos 70.

A segunda aula aberta, às 18h30, será, por sua vez, conduzida por Pedro Rocha, curador na área da música e outras práticas artísticas, cuja principal atividade tem sido a colaboração com o Museu de Arte Contemporânea de Serralves. Para esta aula, a proposta é de uma experiência que coloca a audição coletiva de uma seleção de músicas em simultâneo com uma navegação entre ideias, pensamentos e escritos literários num dispositivo que põe em alternância o "disc jockey" com o "text jockey".

Refira-se que o programa paralelo da exposição "O ontem morreu hoje, o hoje morre amanhã" termina no domingo com a visita guiada por Carla Filipe, marcada para as 16h.

A entrada na Galeria Municipal do Porto é livre e o horário de visita é das 10h às 18h, de terça-feira a sábado, e das 14h às 18h aos domingos. Fecha à segunda-feira e feriados.

e-max.it: your social media marketing partner
Faixa publicitária
Faixa publicitária