“Stay in Porto”

Atenção, abrirá numa nova janela. PDFVersão para impressãoEnviar por E-mail
“Preparar, acolher e integrar” os estudantes Erasmus no Porto
rep_stay
É um projeto que ainda está a dar os primeiros passos, mas que promete facilitar muito a vida aos estudantes estrangeiros que, anualmente, escolhem a cidade do Porto para participar em programas de intercâmbio. Funcionar como uma espécie de ponto de encontro de alunos, dar resposta às suas necessidades de alojamento e desvendar os recantos da Invicta, a sua história, monumentos, restaurantes e espaços de diversão noturna e de lazer são alguns dos objetivos do Stay in Porto, um portal digital, online desde o dia 5 de junho, criado por três apaixonados pela cidade: Tiago Barbosa Ribeiro, José Pedro Pais e Ricardo Cordeiro dos Santos.

“A ideia da plataforma surge para cobrir uma lacuna identificada nos serviços disponibilizados aos mais de 3.200 estudantes Erasmus+ que todos os anos frequentam as instituições de ensino superior do Porto”, explicou Tiago Barbosa Ribeiro, sublinhando que a experiência vivida pelos próprios responsáveis na altura em que integraram o programa Erasmus foi fundamental para a definição da rep_stay_2abordagem do projeto. Além disso, os dinamizadores do Stay in Porto fizeram questão de ouvir, durante um ano, a opinião dos próprios estudantes estrangeiros, de forma a perceberem quais foram as principais dificuldades que os jovens tiveram na sua chegada ao Porto. E eis que estavam lançadas as bases para o lançamento de um serviço que junta, nos ‘bastidores’, três amigos “de formações de base e percursos diversificados”, mas que têm em comum “a grande paixão pelo Porto e pela sua promoção internacional”.

Tal como referiu o gestor e ex-deputado socialista, o portal pretende funcionar como “um serviço integrado de qualidade para preparação, acolhimento e integração de visitantes estrangeiros, sobretudo estudantes, que escolhem a cidade do Porto para estudar ou para ‘city breaks’”. Desta forma, acedendo à plataforma, será possível procurar alojamento, mesmo antes da chegada à cidade, recolher informações sobre a sua oferta educativa, ter acesso a um guia inicial de exploração da Invicta e conhecer outros alunos na mesma situação. “Paralelamente, e mediante pedido individual, oferecemos serviços como transfers de aeroporto, obtenção de cartões de telemóvel, passes para transportes públicos, protocolos turísticos com descontos, entre outras valências, garantindo qualidade de serviço, rapidez e proximidade”, acrescentou.

rep_stay_1Portal assente em quatro grandes áreas

Apesar de ainda estar em fase de arranque, o Stay in Porto apresenta quatro vertentes que, “resumidamente, englobam a maior parte dos desafios” dos jovens alunos: uma secção com ofertas de alojamento, um guia com pontos de interesse da cidade, uma rede social que permite conhecer outros estudantes igualmente envolvidos em programas de intercâmbio e ainda uma lista da oferta académica na região do Porto. E é na área do alojamento que o projeto se cruza com outra iniciativa que os três sócios estão a desenvolver, ao lado de mais dois amigos – João Costa e Nuno Batista – com experiência na reabilitação e gestão direta de imóveis de elevada qualidade para Erasmus e turistas de curta duração. Trata-se da E-House, empresa imobiliária de arrendamento com a qual a plataforma delineou uma parceria.

A informação do portal é permanentemente monitorizada e o guia atualizado todas as semanas, sendo que os responsáveis do projeto estão disponíveis para receber sugestões dos visitantes. O Stay in Porto utiliza também diferentes redes sociais, como o Facebook e o Twitter, atualizando-as diariamente “com informações úteis sobre a cidade, eventos e dicas, entre muitos outros elementos de interesse”.

rep_stay_3“Impacto acima de todas as expectativas”

O projeto dos três sócios foi lançado este mês, mas já começou a dar que falar. Segundo Tiago Barbosa Ribeiro, a plataforma “teve um impacto acima de todas as expectativas nos primeiros dias após o lançamento, o que demonstra que vem mesmo preencher uma necessidade do mercado”. Até agora, a promoção da plataforma está a ser feita “por recomendação direta” de quem a visita e através de “uma rede de parcerias e protocolos que está a crescer e vai englobar vários agentes muito relevantes na cidade”. Entretanto, numa segunda fase, os responsáveis pretendem promovê-la “de forma personalizada para diferentes públicos-alvo segmentados online”.

A adesão das pessoas está a ser, segundo o gestor, “extraordinariamente positiva”. “Em menos de uma semana atingimos os valores previstos para todo o primeiro mês, obrigando a uma revisão em alta de todas as perspetivas para o resto do ano”, informou, assegurando que as metas para o futuro já estão bem definidas. “Iremos sedimentar o projeto com as valências que disponibilizamos, alargar o leque de parcerias e chegar a cada vez mais estudantes estrangeiros”, nomeadamente através de colaborações diretas com as suas universidades de origem, concluiu.

Texto: Mariana Albuquerque  |  Fotos: Stay in Porto
e-max.it: your social media marketing partner
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária