“The World Of Steve Mccurry”

Atenção, abrirá numa nova janela. PDFVersão para impressãoEnviar por E-mail
china_10038nf3stevemccurryA experiência e o mundo de Steve McCurry em exposição

“Travelling And Taking Photos, Seeing The World In Which We Live: I Can’t Imagine A Better Way Of Living This Life That Has Been Given To Us.”  [“Viajar e tirar fotos, ver o mundo em que vivemos: não posso imaginar uma melhor forma de viver a vida que nos foi dada”] Steve McCurry

Steve McCurry, fotógrafo de excelência da National Geographic, responsável pelo registo da famosa imagem da menina afegã cujo rosto foi capa da revista e reconhecido por todo o mundo, vai estar pela primeira vez em Portugal, e logo aqui, no Porto, depois de ter passado por Itália e, mais recentemente, por Bruxelas.

A mostra, a ser exibida a partir do dia 14 de outubro e até 31 de dezembro, na Alfândega do Porto, apresenta ao público os seus mais reconhecidos trabalhos mas, de igual forma, fotografias mais recentes ainda não publicadas como a coleção a preto e branco resultante da sua primeira reportagem no Afeganistão em 1979/80.
Afgrl_10001_stevemccurryCom curadoria de Biba Giacchetti, o projeto expositivo propõe uma “longa e intimista viagem” pelo universo de Steve McCurry, do Afeganistão à Índia, do Sudoeste Asiático a África, de Cuba aos Estados Unidos, do Brasil a Itália, através do seu emblemático repertório imagético.

A extraordinária galeria de retratos
As fotografias de McCurry criam uma intensa galeria de retratos, onde a figura humana é protagonista, fazendo sobressair a sua paixão mais antiga: o cinema. A lente de McCurry captou imagens de uma grande poesia. É curioso, pois muitos desses momentos estão ligados a locais do mundo onde a vida é particularmente dura. O fotógrafo captou igualmente laivos de total caos e terror, em cenário de guerra, violência e atrocidade.
O 11 de setembro, fotografado a partir do seu escritório em Nova Iorque, a guerra do Golfo, o conflito do Afeganistão, o Japão pós-tsunami, o drama das crianças-soldado são incontestavelmente momentos marcantes da história dos nossos tempos que ficaram imortalizados na lente de Steve McCurry.

Curiosidades
Herat, Afeganistão, 1992
Steve McCurry explica que esta paisagem urbana bombardeada foi outrora a cidade de Herat, no Afeganistão. Este bairro em particular havia sido bombardeado 12 anos consecutivos pelas forças áreas afegã e soviética antes de visitá-lo no outono de 1992. Ficou chocado com o grau de devastação. De horizonte a horizonte, tanto quanto a vista conseguia alcançar, nada mais se via senão devastação.
“De uma simples fogueira haviam de cozinhar o seu jantar e aquele momento assomou-se-me como o renascer da cidade de Herat, uma cena quase que metafísica. Para mim, aquele momento foi manifestamente expressivo do espírito do povo afegão. Resilientes, contra todas as probabilidades, dispostos a regressar e reconstruir o seu país”.

india_10219stevemccurryRajastão, Índia, 1993
“Perguntam-me com frequência qual a minha fotografia favorita. Pois bem, a imagem destas mulheres apanhadas numa tempestade de areia na Índia, poderia na verdade ser a minha foto favorita. Foi no Rajastão, Índia, durante a estação das monções. A estação começa com imensas tempestades de poeira, ventos ululantes, turbilhões de areia e humidade insuportável”.

A viagem prometida
A cenografia, de autoria do arquiteto italiano Peter Botazzi, despoleta a vontade de descoberta. Aqui mergulhados, não há lugar a cronologias ou ordem imposta de qualquer natureza. Antes, a uma viagem intemporal pelo mundo do artista, através da sua lente, estimulada por um conjunto de turbilhões visuais, cada um mais impactante e reflexivo que o anterior.
Refira-se que a exposição “The World Of Steve Mccurry” é uma coprodução das produtoras Civita Mostre, SudEst e Tempora, organizada e exibida “orgulhosamente” no Porto pela Spacio Natura, produtora ibérica de exposições e eventos culturais.
Steve McCurry foi vencedor do Magazine Photographer of the Year, tendo sido considerado fotógrafo do ano pela National Press Photographers Association e pela Royal Photographic Society’s Centenary. Os dois primeiros prémios recebeu-os nos World Press Photo de 1985 e 1992.
Visivelmente com a lente no mundo e sem uma atitude indiferente perante o que capta, Steve McCurry fundou, em 2004, a ImagineAsia – uma organização sem fins lucrativos que tem como missão melhorar o acesso à educação de crianças e jovens afegãos.

Os bilhetes para a exposição vão custar 11 euros por adulto, enquanto seniores e estudantes pagarão 9 euros e as crianças (dos quatro aos 12) pagarão 7 euros.

afghn_10124stevemccurry

Afghn_10128stevemccurry

kuwait_10001stevemccurry

e-max.it: your social media marketing partner
Faixa publicitária
Faixa publicitária