Dulce Regina

dulce_reginaReflexão e viagem interior

Dulce Regina, conhecida astróloga kármica e terapeuta de vidas passadas, está de regresso à Pergaminho com um novo título - A Humanidade em Busca de Luz –, que já chegou às livrarias. Motivo mais do que suficiente para uma curiosa conversa com a autora.

“Nesta obra estou a ser inspirada por São Francisco e Santa Clara, e também por Jorge Mario Bergoglio, o Papa Francisco. O que este 'trio de ouro' me tem mostrado é a importância do amor incondicional e, a partir daí, a prática de ações que favorecem a Grande Família Humana à qual pertencemos. E isto implica o fim de preconceitos, conflitos, guerras, fome, miséria, crimes ambientais, entre tantos outros atos maléficos… Parece uma utopia? Vamos acreditar que não! Temos de fazer a nossa parte na criação de um mundo mais justo e igualitário”, diz Dulce Regina no seu novo livro “A Humanidade em Busca de Luz.

Através deste livro, a autora propõe-se a ajudar o ser humano a libertar-se de traumas passados e a aprofundar o seu autoconhecimento, para que possa assumir a responsabilidade da sua própria vida.

Uma obra que nos faz pensar, sentir em relação ao próximo. Reflexão e viagem interior podem ser mesmo palavras-chave.

dulce_regina_livroA sessão de lançamento do livro no Porto decorre este domingo, 25 de março, pelas 16h30, na  Livraria Bertrand Shopping Cidade do Porto.

O que fazia antes de se dedicar a esta área?

Sou formada em Biblioteconomia, porém nunca trabalhei nessa área! Há mais de 35 anos que exerço a minha profissão de Astróloga Kármica e Terapeuta de Vidas Passadas.

Após uma limpeza kármica, alguma mudança a marcou especificamente?

As mudanças são mais internas do que externas. Quando se faz uma limpeza kármica dirigida a algo mais específico, por exemplo, a sentimentos de raiva, mágoa em algumas pessoas que nos magoaram, sentimos uma sensação de libertação em relação àquela pessoa ou àquela determinada situação.

Encontramos sempre a nossa alma gémea?

Não necessariamente! Pois nem sempre a nossa Alma Gémea está encarnada na Terra e nossa Alma Gémea pode ser um pai, um irmão ou até mesmo um filho.

Consegue-se identificar as pessoas nas regressões?

Sim, através da emoção e das sensações! Normalmente, identificamos numa sessão de regressão uma situação que pode estar relacionada ao nosso momento atual.

Qual é a importância da regressão a vidas passadas?

No meu trabalho, a regressão auxilia na libertação de traumas do passado, desta vida ou de outras. Não se faz uma regressão só por curiosidade, mas sim para resolver algo que está nos limitando na vida atual.

Qual é a finalidade de um mapa kármico?

No meu trabalho, utilizo o Mapa Kármico como um diagnóstico espiritual, no qual serão revelados os karmas, a missão e a relação de vidas passadas com as pessoas  próximas. O objetivo principal é auxiliar as pessoas a entenderem o passado, para que através dessa compreensão consigam melhorar a vida atual.

e-max.it: your social media marketing partner
Faixa publicitária