Faixa publicitária

North Music Festival

north_music_festMelhor maneira de abrir os festivais? Impossível!

O North Music Festival tem data marcada para os dias 25 e 26 de maio na Alfândega do Porto. The Prodigy, Gogol Bordello, Guano Apes, Linda Martini ou Mão Morta estão entre as confirmações. A VIVA! abre apetites e orienta esta viagem sonora…

O North Music Festival vai abrir a temporada dos festivais de verão em Portugal. Trata-se de um evento eclético, urbano e transversal a todo o tipo de públicos. Além da oferta musical, menção para as experiências gastronómicas e provas de vinhos, zona de jogos e exibição de filmes e documentários, entre outras experiências.

Para além de estar bem equipado, o edifício da Alfândega possibilita o conforto e a comodidade do público. Já para não mencionar a localização privilegiada deste espaço, com vistas sobre o rio Douro.

Os bilhetes já estão à venda nos locais habituais.

prodigyOs destaques

Os The Prodigy serão os cabeça de cartaz do segundo dia do North Music Festival. Os pioneiros do "big beat" atuam dia 26 de maio no palco principal e vão apresentar os maiores sucessos da banda, num concerto que promete ser arrebatador e memorável.

Hoje, após terem pisado os mais importantes palcos e salas de todo o mundo, contam com sete discos editados e já receberam vários prémios e nomeações da indústria discográfica, no qual o destaque vai para os Brit Awards, os Grammy e vitórias em várias categorias na entrega anual dos Prémios Europeus da MTV.

Os The Prodigy juntam-se assim ao cartaz do North Music Festival que conta já com os concertos de Gogol Bordello, Guano Apes e Linda Martini no primeiro dia do festival.

gogolNão vai ser preciso ir a um casamento americano para ver os Gogol Bordello. Vamos ouvir essa canção (‘American Weeding’) e fazer a festa por terras lusas e a norte, em plena cidade Invicta. O punk cigano destes meninos muito divertidos promete continuar a surpreender. Com quase 20 anos de percurso, a banda de gipsy punk formada em Nova Iorque em 1999 volta a atuar num palco português para apresentar o seu último álbum de estúdio “Seekers and Finders”. Em 2018, a banda encontra-se numa tournée que começa no Canadá e Estados Unidos, passa pela Austrália, e em maio chega à Europa a países tão diversos como Alemanha, Dinamarca, Noruega, Suécia, Polónia, entre outos. O concerto no North Music Festival será o único em Portugal.

Não podemos deixar de mencionar Guano Apes que consigo trazem o seu mais recente registo, “Offline”, editado a 30 de maio de 2014 pela Columbia Records. Linda Martini prometem “Casa Ocupada”.

slow_jSlow J é outra das confirmações a mencionar. O rapper português, um caso sério de talento e sucesso da nova música feita em Portugal, vai atuar no segundo dia do festival (26 de maio) que terá os ingleses The Prodigy como cabeça de cartaz.

Slow J, considerado um dos rappers com mais futuro em Portugal, apresenta um hip hop que se diferencia dos demais, tocando temas que bebem na soul um pouco da sua inspiração. Slow J apresentou em 2015 "The Free Food Tape", álbum bastante aclamado pela crítica. Em 2017 afirma-se em definitivo no panorama da música nacional com o disco "The Art of Slowing Down", que se ouve da primeira à última faixa.

da_chickDa Chick terá honras de abertura do palco principal a 25 de maio num concerto intenso e cheio de ritmo, numa mistura de sons que promete trazer o funk de volta. Da Chick recupera o funk da velha escola, o groove eterno da soul e salta ao balanço rítmico do disco, debitando letras açucaradas sobre deliciosas batidas. Em 2012 editou o seu primeiro EP, “Curly Mess”, pela Discotexas e desde então a artista lisboeta nunca mais parou de proporcionar poderosos concertos e novos hits. Em 2013 segue-se o novo single, “Lotta Love”, e em 2015 o seu primeiro longa duração “Chick to Chick”, produzido com Moullinex, Xinobi, Cut Slack e Isac Ace. O EP “Call Me Foxy” é editado em 2017, quando Da Chick conhece o produtor francês Saintard no soundcloud e juntos produzem este EP que busca sonoridades atuais, mantendo a atmosfera old school a que Da Chick habituou desde sempre.

Os First Breath After Coma, com o terceiro álbum no horizonte, têm concerto marcado para o segundo dia do festival, 26 de maio. Quando, em 2013, a banda gravou um disco de estreia conceptual – “The Misadventures of Anthony Knivet” – estava longe de imaginar que conseguissem chegar a rádios e palcos internacionais. O cruzamento da influência post-rock com o formato canção, que fez do disco uma surpresa auspiciosa, era apenas o início de um percurso de sucesso.

mao_mortaNão podemos fechar o brilharete sem mencionar os Mão Morta que apresentarão no segundo dia do festival o concerto especial “Mutantes S21”, homónimo do disco com o mesmo nome que em 2017 já foi apresentado em várias cidades portuguesas chegando agora a oportunidade do Porto. Para além da banda bracarense juntaram-se ainda ao cartaz Xinobi Live, Ermo e DJ Ride que acrescentarão ao festival os sons mais eletrónicos.

e-max.it: your social media marketing partner
Faixa publicitária
Faixa publicitária