Pingo Doce

7 regras na alimentação que valem ouro (e saúde) nos meses mais quentes

7 regras na alimentação que valem ouro (e saúde) nos meses mais quentes

Não são uma imposição, antes uma agenda de bem-estar e alimentação equilibrada para os meses mais quentes do ano. No fundo, o bom senso que deve acompanhar uma vida saudável.

1- Faça, sempre que possível, refeições ligeiras e fracionadas, procurando alimentos de fácil digestão.

2- Deve eleger os seguintes alimentos: frutas, verduras, legumes, cereais integrais, pães integrais, carnes magras, queijos menos gordurosos, sobremesas à base de frutas e muitos líquidos.

3- Evite os seguintes alimentos: carnes gordas, queijos gordurosos, molhos, maionese. Definitivamente, deve evitar, ou reduzir ao mínimo, o consumo de fritos.

4- Monte um prato colorido. Por exemplo uma salada seguindo os alimentos anteriores: verduras, queijo, frutas, um molho de iogurte formam uma combinação excelente.

5- Ingira líquidos com frequência, evitando as bebidas alcoólicas. Beber água, sumos naturais, chás, contornando o açúcar. Para adoçar, uma colher pequena de mel.

6- Eleja os sorvetes à base de água e polpa de frutas. São os menos calóricos.

7- Tenha em atenção alimentos à base de leite, gordura e ovos. Necessitam de frio adequado. No calor tendem a proliferar as bactérias causadoras de intoxicações alimentares.

(LifeStyle Sapo)

Viva! no Instagram. Siga-nos.