Faixa publicitária

Agenda Cultural

Fashion Parade 2019

fashion_paradeFashion Parade 2019

23 fevereiro, 16h, Porto

No dia 23 de fevereiro, todas as passarelas vão dar à Invicta. As ruas do centro histórico do Porto vão ser palco de uma manifestação de moda, sem género, idades ou tendências marcadas.

A moda sai dos Iphones, redes sociais ou influencers digitais e volta às ruas da cidade Invicta, revelando o seu lado mais folião.

“Diversão, irreverência, estilo, alegria, música e muita imaginação serão os ingredientes certos para fazer deste evento uma ode ao mundo da moda”, desafia a organização da Fashion Parade, que tem início marcado para as 16h, na zona dos Clérigos, Já a chegada, “é até onde e como cada um quiser”.

e-max.it: your social media marketing partner

BREU, até 23 fev, Teatro Carlos Alberto

teca3BREU

Até 23 fevereiro, quarta e sábado 19h | quinta e sexta 21h | domingo 16h, Teatro Carlos Alberto

É nos bastidores do circo tradicional que o coletivo Musgo monta a tenda de “BREU”, o seu novo espetáculo, com criação e direção artística de Joana Moraes. No universo do menos amado dos espetáculos de palco, a companhia reconhece uma metáfora que condensa conceitos a serem trabalhados: a precariedade destes artistas, o desdobramento das suas funções, a estigmatização com que frequentemente são vistos, uma profissionalização que lhes é negada. Com base no devising (o processo colaborativo de pesquisa e criação de raiz de material para cena, que o Musgo tem vindo a aprimorar) e inspirando-se em recolhas decorrentes de visitas a circos e conversas com estas trupes multidisciplinares – documentadas numa exposição fotográfica de Paulo Pimenta que acompanhará “BREU” –, Joana Moraes irá erguer o texto dramático, permeável também a referências do cinema e da fotografia sobre o circo. Entre o lado de lá e de cá da cortina, entre o glamour do espetáculo, as vicissitudes da intimidade e a crueza da realidade, “BREU” quer assumir uma abordagem tão humanista quanto humorística do que entre eles transita e contamina. Não querendo ser nem realista nem documental, é “um espetáculo sobre precariedade, dedicação e amor”.

direção artística e criação Joana Moraes | construção de texto Joana Moraes | cenografia Coletivo Monte | figurinos Inês Mariana Moitas | desenho de luz Manuel Alão | sonoplastia Joana Moraes, João Pedro Brandão | produção executiva Marta Lima | interpretação e cocriação Ana Vargas, Gilberto Oliveira, João Pamplona, Pedro Roquette, Sara Costa | coprodução Musgo, TNSJ | Conversa pós-espetáculo: 15 fevereiro

e-max.it: your social media marketing partner

António Zambujo, 23 fev, 21h30, Coliseu do Porto

coliseu_12António Zambujo - Do Avesso

23 fevereiro, 21h30, Coliseu Porto Ageas

António Zambujo está de regresso com o novo álbum de originais “Do Avesso”, que apresenta ao vivo no Coliseu Porto Ageas, a 23 de fevereiro. Dois anos depois da homenagem a Chico Buarque, que cruzou os dois lados do Atlântico, António Zambujo abraça novas abordagens. O resultado é “Do Avesso”, um disco arrojado, surpreendente e arrebatador, para descobrir ao vivo no Coliseu, sala histórica onde o músico já deixou a sua marca dezenas de vezes nos últimos anos, perante plateias sucessivamente esgotadas.

“Do Avesso” foi produzido por Filipe Melo, Nuno Rafael e João Moreira, uma equipa de luxo que (re)uniu três dos mais talentosos músicos e produtores nacionais. Filipe Melo é ainda responsável pelas orquestrações. No álbum, António Zambujo contou com a participação da Orquestra Sinfonietta de Lisboa e do maestro Vasco Pearce de Azevedo.

coliseu_13Sérgio Godinho - Nação Valente

28 fevereiro, 21h30, Coliseu Porto Ageas

Sérgio Godinho está de regresso ao Coliseu.

O título anuncia “Nação Valente” e assim será, um espetáculo que terá como pano de fundo as mais recentes criações de Sérgio Godinho e que trouxeram colaborações inéditas, inesperadas e, diríamos, bem-sucedidas – David Fonseca, Filipe Raposo, Hélder Gonçalves, Pedro da Silva Martins ou um velho companheiro, José Mário Branco.

Uma voz que nos conforta e inquieta desde a década de 70 do século passado. Olhar a sua obra é também descobrir uma parte significativa da nossa vivência, do nosso quotidiano, do amor, das lutas, das perdas e das alegrias. Uma nação, necessariamente valente, feita de vida.

Convidados: Camané, Manuela Azevedo, Filipe Raposo

e-max.it: your social media marketing partner

“Depois do Medo”, 23 fev, 21h30, Teatro Constantino Nery

cine_teatro_const_nery

“Depois do Medo”

23 fevereiro, 21h30, Teatro Municipal de Matosinhos - Constantino Nery

Bruno Nogueira está de regresso ao stand-up e à escrita de sinopses com o humor corrosivo que lhe é característico.

“Depois do Medo” leva já quatro meses em digressão pelo país, fazendo sorrir e pensar. Promete, e não é pouco, deixar o mundo tal como estava, semeando, todavia, os problemas de Bruno Nogueira na cabeça dos espectadores. Por exemplo: o “encantador processo mental” que faz com que as pessoas, sem terem nada na boca, mastiguem quando estão a olhar para alguém a comer.

Construído a partir de questões que, como esta, “só incomodam pessoas que têm demasiado tempo livre”, “Depois do Medo” concretiza o regresso de Bruno Nogueira à escrita de sinopses e à comédia informal que o celebrizou no programa “Levanta-te e ri”. Durante cerca de 80 minutos, o argumentista, o ator e a personagem apresentam-se fundidos e deliberadamente confundidos, à espera do reconhecimento que uma simples gargalhada encerra.

e-max.it: your social media marketing partner

Porto de Encontro com Isabel Rio Novo

Porto de Encontro com Isabel Rio Novo

24 fevereiro, 17h, Biblioteca Municipal Almeida Garrett | Entrada livre

porto_encontro


Em fevereiro, o Porto de Encontro recebe a romancista e académica Isabel Rio Novo, autora da muito aguardada biografia de Agustina Bessa-Luís. O livro será apresentado nesta sessão, que contará com várias convidadas especiais: as escritoras Inês Pedrosa e Lídia Jorge, bem como da atriz Emília Silvestre.

e-max.it: your social media marketing partner