Faixa publicitária

Agenda Cultural

Sábados no Mercado

sabados_mercadoSábados no Mercado

15 dezembro, 15h, Mercado Temporário do Bolhão

Os sábados do Mercado Temporário do Bolhão são agora ainda mais animados.

Demonstrações protagonizadas por conceituados chefs de cozinha, atividades para famílias, performances artísticas e tertúlias são algumas propostas do programa "Sábados no Mercado". E em dezembro, o espírito natalício chega aos “Sábados no Mercado”!

Programa:

Sábado, 15 de dezembro, 15h - Bolhão em Festa: "Dar Corda ao Natal" - Coro 8 por 4

e-max.it: your social media marketing partner

Porto de Encontro: Homenagem a Vasco Graça Moura

Porto de Encontro: Homenagem a Vasco Graça Moura

15 dezembro, 17h, Biblioteca Municipal Almeida Garrett | Entrada livre

porto_encontro

Na última sessão de 2018, o Porto de Encontro presta uma homenagem a Vasco Graça Moura (Porto, Foz do Douro, 3 de janeiro de 1942 - Lisboa, 27 de abril de 2014). Poeta, romancista, ensaísta, tradutor, foi secretário de Estado de dois Governos provisórios, desempenhou funções diretivas na RTP, na Imprensa Nacional e na Comissão para as Comemorações dos Descobrimentos Portugueses. Em 1999, foi eleito deputado ao Parlamento Europeu.

e-max.it: your social media marketing partner

Commedia A La Carte | Tarzan O Musical, Teatro Sá da Bandeira

teatro_sa_band10Commedia A La Carte - O Pior Espetáculo do Mundo

Até 16 dezembro, 21h30 (sessão extra 15 dezembro, 17h), Teatro Sá da Bandeira

Depois de dezoito anos de carreira, depois de encherem a Altice Arena, de correrem Portugal de Norte a Sul, chegou a altura de fazerem “O Pior Espetáculo do Mundo”, na temporada mais curta de sempre.

Carlos M. Cunha, César Mourão e Gustavo Miranda prometem levar o risco do improviso ao limite, ou, nas suas próprias palavras: “Têm de ficar muito atentos.Vai ser expectcolar. Acarditem. Se Deus quiser, vai correr mal.”

teatro_sa_band5Tarzan O Musical

 16, 22, 29 e 30 dezembro, Teatro Sá da Bandeira

Uma família britânica viaja num barco ao largo de África. Surpreendido por uma violenta tempestade, o barco afunda-se mas dão à costa são e salvos. Completamente sós na selva africana aprendem a conviver com os animais, principalmente os orangotangos e macacos.

Mas um tigre vem perturbar este equilíbrio e Tarzan, com a morte dos seus pais ainda bébé, acaba por ser criado pelos macacos. Os anos passam e Tarzan cresce forte e resistente e consegue comunicar facilmente com os animais. Um dia aparece um grupo de exploradores europeus, entre os quais uma bela jovem, Jane, que irá travar conhecimento com Tarzan e ajudá-lo a descobrir a sua verdadeira história. O líder da expedição, um caçador sem escrúpulos, vê em Tarzan uma maneira fácil de ganhar dinheiro apresentando-o na Europa como o verdadeiro Homem-Macaco. Após muitas aventuras, Tarzan e Jane acabam juntos em Africa onde irão permanecer em perfeita harmonia com a natureza.

A história do homem da selva é agora apresentada em musical, por um elenco com mais de 15 atores e cantores, 6 bailarinos e acrobatas, músicos e ainda um coro de crianças. Com efeitos especiais de cortar a respiração, cenários fantásticos, voos e acrobacias, iremos viver intensamente as aventuras de Tarzan na selva africana com os seus amigos!

Horário:

Sábado - 16h

Domingo - 11h30

e-max.it: your social media marketing partner

Cães que ladram aos pássaros | Cultura em Expansão - Concertos de Encerramento, Rivoli

rivoli2Cães que ladram aos pássaros

16 dezembro, 16h, Rivoli Teatro Municipal

Dando continuidade ao trabalho dos últimos dois anos – que resultou em dois filmes realizados no Porto por Salomé Lamas e por João Salaviza com Ricardo Alves Jr. – , o Cultura em Expansão volta a convidar um nome fundamental do cinema português a desenvolver um filme no Porto.  

Em 2018, a “carta branca” é dada a Leonor Teles, uma das mais jovens e promissoras realizadoras portuguesas, tendo sido premiada há dois anos com o Urso de Ouro em Berlim para melhor curta metragem com o seu filme “Balada de um Batráquio”. A realizadora passará parte do ano em residência artística no Porto, onde desenvolverá o seu projeto cinematográfico a partir dos lugares, das pessoas e das narrativas da cidade. Com base neste processo colaborativo, Leonor Teles realizará uma curta-metragem que será apresentada no Rivoli como parte do encerramento do Cultura em Expansão.

Realização Leonor Teles | Colaboração dramatúrgica Joana Galhardas | Assistente imagem Frederico Gomes | Som Rafael Gonçalves Cardoso, Bernardo Theriaga | Oficinas Leonor Teles, Joana Galhardas, Martha Appelt | Projeto comissariado pela Câmara Municipal do Porto

rivoli3Cultura em Expansão - Concertos de Encerramento

16 dezembro, 17h, Rivoli Teatro Municipal

Pedro Augusto & José Cordeiro com Orquestra Comunitária de Lordelo do Ouro

+

ZA! com Rancho Folclórico de Ramalde Associação 26 de Janeiro

Pedro Augusto, José Cordeiro e João Alves, em colaboração com a Orquestra Comunitária de Lordelo do Ouro, propõem um espetáculo audiovisual em que, pela interação entre a equipa artística e os intérpretes, se associará a música em tempo real à imagem.  

A ideia basilar passará por considerar a multidisciplinaridade como processo criativo, criando para isso uma série de pequenas oficinas dirigidas ao longo do ano. Já a banda catalã Za!, composta por Eduard Pou e Pau Rodríguez, junta -se ao Rancho Folclórico de Ramalde Associação 26 de Janeiro para um espetáculo único que encerrará, no Rivoli, a quinta edição do Cultura em Expansão. Os Za! viajam até ao Porto para dirigirem uma oficina de música, apoiada nas linguagens e teorias de improvisação musical conduzida, surgidas nas décadas de 70 e 80 do século XX.

e-max.it: your social media marketing partner

Verdade ou Consequência, até 16 dez, TNSJ

tnsj_5Verdade ou Consequência

Até 16 dezembro, quarta e sábado 19h | quinta e sexta 21h | domingo 16h, TNSJ

O Teatro Experimental do Porto tem estado vivamente ocupado com o longo texto tripartido da “Trilogia da Juventude”, um olhar crítico das “juventudes inquietas” dos últimos cinquenta anos do século passado em Portugal. “Verdade ou Consequência”, com direção artística de Gonçalo Amorim, finca agora os pés no século XXI, olha para o futuro e para as repercussões da Quarta Revolução Industrial já em curso, examinando os temas que enformam as grandes transformações sociais e políticas por vir: “As migrações populacionais, as alterações climáticas, o redesenho das relações laborais, o esvaziamento da força laboral, a fluidez do tempo livre.” “Verdade ou Consequência” interroga-nos sobre as transformações no modo como nos relacionamos, uns com os outros, com a natureza e com o mundo. Que escolhas fazemos? Que jogo jogamos nós afinal?

direção artística Gonçalo Amorim | dramaturgia, pesquisa e criação Catarina Barros, Gonçalo Amorim, Marta Bernardes, Rui Pina Coelho | criação André Perrota, Cárin Geada, Jonathan Saldanha, Jorge Quintela, Paulo Mota, Pedro Serrano, Tânia Dinis | assistência à criação Patrícia Gonçalves | coprodução Teatro Experimental do Porto, TNSJ

e-max.it: your social media marketing partner
Faixa publicitária