Faixa publicitária

Agenda Cultural

"Corpo Humano - A Ciência da Vida" | "Banksy´s Dismaland and Others by Barry Cawston", na Alfândega do Porto

alfandega_corpo_humanoExposição "Corpo Humano - A Ciência da Vida"

Até 31 julho, Alfândega do Porto

Depois de passar por vários países, a exposição “Corpo Humano – A Ciência da Vida” já está patente ao público na Alfândega do Porto.

“O Corpo Humano – A Ciência da Vida” oferece uma perspetiva única sobre a expressão emocional incorporada em cada uma de nossas funções fisiológicas.

Esta exposição vai permitir ver e entender melhor como funcionam os nossos órgãos e a importância da anatomia como ferramenta de conhecimento.

Os visitantes poderão ver mais de 100 órgãos e oito corpos humanos completos preservados, e ainda 120 painéis informativos, numa área expositiva de mais de 1500 metros quadrados dedicados à anatomia.

Em paralelo com o projeto expositivo, vai decorrer uma programação integrada de conferências e workshops que visam o debate ético e científico sobre o corpo humano.

alfandega_escherExposição retrospetiva dedicada ao artista holandês M. C. Escher

28 fevereiro a 28 julho, Alfândega do Porto

Uma grande exposição retrospetiva dedicada ao artista holandês M. C. Escher estará patente no Centro de Congressos da Alfândega do Porto a partir do dia 28 de fevereiro.

Maurits Cornelis Escher (1898-1972), mais conhecido por MC Escher ou simplesmente Escher, é conhecido pelas suas xilogravuras, litografias e meios-tons. O seu trabalho tende a representar construções impossíveis, preenchimento regular do plano, explorações do infinito e as metamorfoses - padrões geométricos entrecruzados que se transformam gradualmente para formas completamente diferentes.

A mostra, que passou já por diversas cidades da Europa e dos EUA, apresentará no Porto 135 obras, onde se incluem as célebres obras-primas “Mão com esfera refletora” (1935), “Olho” (1946), “Três mundos” e “Casca”(1955) e “Laço de união” (1956).

banksyExposição "Banksy´s Dismaland and Others by Barry Cawston"

Até 31 março, Alfândega do Porto

Pela primeira vez, o Porto recebe uma exposição de fotografia centrada no trabalho de Banksy.

Segundo a organização, “Banksy, Dismaland and Others" por Barry Cawston é "uma exposição poderosa" que leva o público "numa viagem pelo trabalho fenomenal de um artista que há mais de 25 anos usa a sua arte para questionar os valores da sociedade e que chega agora, e pela primeira vez, a Portugal".

Organizada pelo fotógrafo britânico Barry Cawston, a mostra apresenta dezenas de retratos das principais obras de Banksy, muitas delas do parque Dismaland, uma sátira aos parques de diversões da Disney.

e-max.it: your social media marketing partner

Inaugurações Simultâneas de Miguel Bombarda

Inaugurações Simultâneas de Miguel Bombarda

9 março, 16h, Quarteirão Miguel Bombarda | Entrada livre

mig_bombarda

O segundo ciclo em 2019 das Inaugurações Simultâneas de Arte Contemporânea de Miguel Bombarda está marcado para o dia 9 de março, a partir das 16 horas e com acesso livre.

TEDxPorto 2019

tedxoportoTEDxPorto 2019

6 abril, Centro Congressos da Alfândega do Porto

Confiança é o tema da décima edição do TEDxPorto.

No dia 6 de abril, na Sala do Arquivo do Centro de Congressos da Alfândega do Porto, 16 oradores vão refletir sobre a confiança e a sua influência nas nossas interações com outras pessoas e instituições.

“Confiar é um ato da nossa responsabilidade e nas relações interpessoais em que participamos ativamente, é possivelmente o mais importante fator de coesão social, ajudando a criar ligações mais fortes com as nossas famílias, amigos e colegas de trabalho, chefias e colaboradores, parceiros e clientes. E não só: é a confiança que nos liga a instituições. É o único verdadeiro ativo do sistema financeiro mundial, dos governos, meios de comunicação social e tantas outras”, lê-se na página oficial do evento.

e-max.it: your social media marketing partner

Moontosinhos

Moontosinhos - visitas aos mistérios, lendas e histórias de Matosinhos

18 abril, 21h30, Matosinhos
moontosinhos

Desde 2013 que o “Moontosinhos”, ciclo de visitas noturnas à História, ao Património e às Lendas de Matosinhos, se realiza todos os meses em noites de lua cheia.

e-max.it: your social media marketing partner

Exposições no Centro Português de Fotografia

cpf_2Grid Cities – Pombaline, de John Frederick Anderson

Até 5 maio, Centro Português de Fotografia

© John Frederick Anderson

“Grid Cities – Pombaline” é uma série de fotografias que fazem um estudo visual da obra de Sebastião José de Carvalho e Melo, mais tarde Marquês de Pombal, e da reconstrução da cidade de Lisboa, e do porto marítimo de Vila Real de Santo António no Algarve. Carvalho foi secretário de Estado do rei José I de Portugal quando, na manhã de 1 de novembro de 1755, uma série de três terramotos atingiu o sul de Portugal, destruindo grande parte da cidade de Lisboa e várias cidades costeiras, provocando três maremotos devastadores e causando enorme perda de propriedade e vidas. Carvalho sobreviveu e foi instruído pelo rei para assumir o caos e reconstruir Lisboa e outros centros urbanos que foram destruídos.

Carvalho supervisionou os planos para a reconstrução de Lisboa que foram elaborados pelos engenheiros militares Manuel da Maia, Eugénio dos Santos e Elias Sebastian Pope. No prazo de um ano após a catástrofe, a construção em Lisboa começou na área conhecida como Baixa, onde as ruas foram dispostas num plano de grade com larguras fixas para estradas e praças grandes. A reconstrução introduziu projetos iniciais para edifícios antissísmicos e foi pioneira em técnicas de construção pré-fabricadas. O “Estilo Pombalino”, como ficou conhecido, propôs estruturas de até quatro andares com arcadas no piso térreo e um estilo estético de detalhes visuais discretos nas fachadas, indicando a hierarquia social e o uso do edifício. O estilo pombalino foi uma interpretação racional do estilo rococó, baseado nas novas propostas do Iluminismo - razão e ciência, usando decoração contida e azulejos. A Lisboa que Carvalho reconstruiu é conhecida como a primeira cidade moderna no ocidente dentro do esquema global do Urbanismo Iluminista. (…) John Frederick Anderson

e-max.it: your social media marketing partner