Faixa publicitária

Entrevistas

À conversa com Dário Guerreiro

dario_guerreiroDário Guerreiro - conhecido como Môce dum Cabréste – vai estar no Teatro Sá da Bandeira, no próximo dia 15 de abril, a apresentar o seu espetáculo “LenDário”. A VIVA! esteve à conversa com o humorista.

Viva!: O que é que o público pode esperar do espetáculo?
Dário Guerreiro: O público pode esperar uma hora e vinte numa jornada alucinante por tudo aquilo que me rodeia, abordado num ângulo cómico. Apesar de se tratar de um solo de stand-up, o espetáculo contém mais que isso. 50% dos textos são exclusivos deste espetáculo (os restantes são uma compilação dos melhores textos dos meus 4 anos de carreira), mas também haverá apontamentos musicais inéditos e outras surpresas que convém não desvendar.

Como tem sido a receção por parte do público nos espetáculos até ao momento?
O feedback que tenho recebido tem sido absolutamente positivo. As pessoas não só não se arrependem de terem saído de casa, como acabam por constatar que o meu registo em palco é bem diferente daquele que apresento nos vídeos do YouTube, e ficam surpreendidas. Reparo que saem bem dispostos das salas e, emanando essa felicidade, fazem o amor na própria noite.
e-max.it: your social media marketing partner

Germano Silva

germano_silvaUm Homem do Porto

O historiador e jornalista Germano Silva é indubitavelmente, um homem do Porto. Nasceu em 1931, num período conturbado entre duas grandes guerras, numa pequena aldeia de Penafiel, mas “quase por acidente”, porque a vida dos seus pais girava, permanentemente, entre S. Martinho de Recezinhos e a cidade do Porto. Cresceu num ambiente marcado pela segunda guerra mundial e por algumas dificuldades financeiras. Passou por vários empregos antes do jornalismo, mas foi no mundo da imprensa que descobriu os caminhos mais recônditos e apaixonantes do porto, cidade a que profundamente se dedicou.

A fotografia mais antiga que Germano Silva guarda da sua infância, com menos de um ano, foi tirada na Fotografia Beleza, na Rua de Santa Teresa, no Porto, e assinala a sua vinda, juntamente com os pais e dois irmãos, para o Porto. Até aos sete anos a sua infância foi passada entre a casa dos avós, em Penafiel, onde se lembra “que lá havia o que comer”, e o Porto, onde os seus pais moravam.
e-max.it: your social media marketing partner

Joana Teles

joana_telesLutar com o coração

Podia ter seguido outro percurso qualquer. Contudo, numa altura em que estava prestes a tornar-se enfermeira, foi um dos dez rostos escolhidos – de um total de cinco mil – para trabalhar na RTP. É por isso que, hoje, Joana Teles, apresentadora do “Aqui Portugal” não tem dúvidas: há que saber tirar partido das encruzilhadas da vida porque, quando nos deixamos guiar pelo coração, o impossível acontece.

Descalça os sapatos, num acesso de rapidez, e desata a correr, a todo o gás, entre os cidadãos que se deslocaram ao Museu do Vinho da Bairrada, em Anadia, para assistirem, na primeira fila, ao “Aqui Portugal”. O alinhamento do programa parecia dar-lhe mais alguns minutos antes de estar novamente ‘no ar’, mas as indicações que recebe, através do auricular, dizem-lhe que não.
e-max.it: your social media marketing partner

Rui Massena

rui_massenaO músico sem medos

Não se deixa intimidar pelas falhas. “se não errarmos, não avançamos”, defende. Na música e na vida, Rui Massena arrisca sem medos. Dirigiu orquestras dos mais variados países, teve um programa de televisão, dançou hip-hop de batuta na mão, reforçou a sua ligação ao piano e ainda não se cansou de acordar, todas as manhãs, apaixonado pela vida e pela eterna descoberta.

É doce nas palavras, rebelde no jeito e, acima de tudo, apaixonado pela partilha de experiências, pelos passos ainda incertos dos novos desafios e pela liberdade dos mil e um caminhos da criação. Se salientar apenas o look descontraído – onde não pode falhar o cabelo espetado – talvez não adivinhe, ainda, de quem falamos. No entanto, se lhe pedir que recue no tempo à Guimarães 2012 Capital Europeia da Cultura – na qual a figura em questão embarcou, de batuta na mão, na aventura “Expensive Soul Symphonic Experience” – é capaz de acertar logo à primeira tentativa. Sim, referimo-nos a Rui Massena, maestro e compositor (também conhecido do universo da televisão), de 42 anos, que se lançou, no início de 2015, num novo desafio, com a apresentação de “Solo”, disco onde se estreou como pianista e compositor.
e-max.it: your social media marketing partner

Maria Manuel Mota

maria_manuel_motaExcelência científica no feminino

Adora uma boa conversa, vibra com as reuniões no laboratório e encara o seu modo de vida – ser cientista – como um privilégio, pelo prazer dos momentos em que, após meses ou anos de trabalho, consegue responder às perguntas que lhe invadem a mente, em jeito de provocação. Despachada e rigorosa, Maria Manuel Mota venceu o Prémio Pessoa 2013 pela dedicação de anos ao estudo do parasita da malária. Mas a história da especialista, natural de Vila Nova de Gaia, não vai ficar por aqui. Há novos dados de investigação a caminho e muita vontade de assegurar a excelência de um setor “que é de todos e para todos”.
e-max.it: your social media marketing partner
Faixa publicitária