Faixa publicitária

Câmara do Porto manifesta disponibilidade para apoiar Joãozinho

joaozinhoA construção da nova ala pediátrica do São João deve continuar a ser feita pela Associação Um Lugar para o Joãozinho, defende o presidente da Câmara do Porto, já que o atual processo irá demorar no mínimo três anos a estar concluído.

Na impossibilidade de avançar com a obra por ajusto direto, a construção da nova ala deve ser entregue à Associação Um lugar para o Joãozinho, que além de ter já um projeto e um contrato com duas construtoras, tem verba para arrancar com a obra.

Segundo o Jornal de Notícias, a posição foi assumida por Rui Moreira após a reunião desta quarta-feira de manhã com o presidente da Associação Pediátrica Oncológica, Jorge Pires.

“Temos que permitir que as obras do Joãozinho continuem e a câmara está disponível para apoiar esse projeto. Foi dito que havia mecenas para fazer a obra. Mas, se não houver dinheiro, porque é que o Estado não há de apoiar a associação?", afirmou o autarca.

De recordar que Rui Moreira ainda não obteve resposta à carta enviada na semana passada à ministra da Saúde.

e-max.it: your social media marketing partner
Faixa publicitária
Faixa publicitária