Recheio

AMP cria fundo de 1,5 milhões de euros para apoio a unidades de saúde

AMP cria fundo de 1,5 milhões de euros para apoio a unidades de saúde

O Conselho Metropolitano do Porto aprovou quarta-feira, por unanimidade, a criação de um fundo financeiro no valor de 1,5 milhões de euros para apoio às diferentes unidades de saúde dos 17 municípios que constituem a Área Metropolitana do Porto (AMP).

“O fundo poderá ser aplicado nas áreas em carência de cada equipamento hospitalar, e pelo diagnóstico feito em conjunto, seja no âmbito dos equipamentos de proteção individual (EPI) ou dos ventiladores, por exemplo, seja de outro material necessário neste momento”, indica nota publicada na página da AMP.

“Acertámos a afetação de uma verba de 1,5 milhões de euros, valor que vai ser gerido diretamente pela AMP sem a necessidade de uma estrutura burocrática. A verba será para aquilo que vier a ser necessário e identificado por cada um dos hospitais. Não se pode dizer que é 1,5 milhões para ventiladores ou 1,5 milhões para material, é uma verba para as necessidades urgentes e identificadas pelos hospitais”, explicou à Lusa Eduardo Vítor Rodrigues, presidente do Conselho Metropolitano do Porto.

A verba será disponibilizada a partir do dia 3 de abril, data da formalização do fundo pelos municípios.

“Esta proposta mereceu uma aprovação unânime, que muito demonstra a união e maturidade da AMP e de todos os seus autarcas, constituindo uma primeira fase de um apoio estruturado que os municípios estão disponíveis para incrementar, de forma articulada e estruturada”, assinala Eduardo Vítor Rodrigues.

PUB
www.pingodoce.pt/produtos/take-away/encomendas/pascoa/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=300320-ta5&utm_campaign=takeawaypascoa

Viva! no Instagram. Siga-nos.