BPI

Assalto na rua e durante o dia é o crime mais frequente na Sé

Assalto na rua e durante o dia é o crime mais frequente na Sé

A análise, apresentada esta quarta-feira, envolveu 244 inquiridos, 62,7% dos quais do sexo feminino, e concluiu que 17% dos residentes afirmou ter vivido, nos últimos cinco anos, uma situação de vitimização. Destes, só 10% admitiu ter contactado as autoridades e apenas 7,4% formalizou a queixa.
O diagnóstico foi realizado no âmbito do Modelo Integrado de Policiamento de Proximidade, implementado pela PSP naquela freguesia.

Viva! no Instagram. Siga-nos.