Pingo Doce - Alimentação equilibrada

Câmara de Gondomar e ANJE criam oficina partilhada de ourivesaria

Câmara de Gondomar e ANJE criam oficina partilhada de ourivesaria

O projeto foi lançado este mês e reúne, até ao momento, quatro artesãos/empresários pioneiros. Mas, a oficina partilhada, montada no tecnológico Gold Park, pode receber “pelo menos 12 pessoas ao mesmo tempo”, descreveram à agência Lusa, de acordo com a RTP, os responsáveis da ideia.

Carlos Brás, vereador da Câmara Municipal de Gondomar, salientou que aquilo que se pretende é “dinamizar o tecido empresarial ligado à ourivesaria”, que é um dos mais emblemáticos em termos culturais e sociais da cidade. Por sua vez, o diretor-geral da ANJE, Francisco Mendes, referiu que a oficina é um espaço de «coworking» (modelo de trabalho que se baseia na partilha de espaço e recursos) no qual os empresários têm acesso a materiais e recursos “importantes para a sua atividade de uma forma mais económica”.

Divida em duas salas – uma com bancadas e postos individuais com ferramentas e uma segunda com maquinaria – a  oficina de ourivesaria partilhada do Gold Park “é um projeto pioneiro”. “Os recursos existentes estão dedicados aos vários processos da ourivesaria desde a fundição, aos moldes e polimento. É possível fazer uma peça passando todas as fases, desde o molde à limpeza”, acrescentou.

“Só precisam de talento e de meter mãos à obra”, destacou o vereador de Gondomar que gere os pelouros do desenvolvimento económico, financeiro e património, que explicou, ainda, que interessa à autarquia que “a indústria da ourivesaria se mantenha viva e ativa através de novos empresários e novas gerações”.

O projeto tem como público-alvo, de acordo com as duas entidades, “jovens empreendedores” e “formandos em fase final de formação”, embora, como referiram, as portas da oficina “não se fechem a ninguém nem a nenhuma idade”.

Viva! no Instagram. Siga-nos.