Pingo Doce Produção Nacional

Câmara do Porto anuncia plano de regresso para as feiras e mercados

Câmara do Porto anuncia plano de regresso para as feiras e mercados

Um despacho assinado, na quinta-feira, por Rui Moreira e publicado na página da Câmara Municipal do Porto, determina que as feiras e mercados do ramo alimentar da cidade podem retomar a sua atividade a partir do dia 1 de junho.

Contudo, a sua reabertura “depende do despacho conjunto favorável do vereador do Pelouro da Economia, Turismo e Comércio, Ricardo Valente, e da vereadora do Pelouro da Proteção Civil e Fiscalização, Cristina Pimentel”, além de “ouvidos os serviços de Proteção Civil e Polícia Municipal”.

Por sua vez, as restantes feiras e mercados, de carácter não alimentar, só poderão retomar a sua atividade após o dia 30 de setembro.

“Excetua-se a interdição à Feira do Livro, que está a ser organizada pelo Município e com medidas específicas, e cuja abertura ocorrerá a 28 de agosto”, lê-se no despacho assinado pelo autarca, que explica que “o cumprimento e eficácia das práticas que serão ensaiadas na Feira do Livro do Porto, indicará acerca da viabilidade da reabertura de outras feiras e mercados ou eventos similares a partir de 30 de setembro ou de quando um novo despacho vier a determinar”.

O despacho, com entrada imediata em vigor, pode ser alvo de “prorrogação ou modificação em face da evolução da situação epidemiológica, de acordo com as determinações que venham a ser adaptadas a nível nacional”.

PUB
www.pingodoce.pt/responsabilidade/premio-literatura-infantil/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=120520-faseilustração&utm_campaign=pli

Viva! no Instagram. Siga-nos.