Recheio

Câmara do Porto lança sorteio para 15 casas com rendas acessíveis no Morro da Sé

Câmara do Porto lança sorteio para 15 casas com rendas acessíveis no Morro da Sé

A Câmara Municipal do Porto anunciou na segunda-feira que vai lançar ainda esta semana o concurso de atribuição de 15 casas, “totalmente reabilitadas”, a preços acessíveis em pleno Centro Histórico do Porto.

Na nota divulgada, a autarquia refere que “no processo de candidaturas terão mais hipóteses de sucesso os agregados jovens, com crianças e com rendimentos mais baixos”, sendo que a possibilidade de concorrer é “aberta a quem já viva na cidade e a quem trabalhe no Porto há pelo menos seis meses”.

 “A sorteio vão dois T0 com rendas de 220 e 250 euros; quatro T1 ou equivalente com rendas entre os 150 e os 270 euros; seis T2 ou equivalente com rendas acessíveis entre os 390 e os 700 euros; três T2 duplex ou triplex com rendas a variar entre os 320 e os 935 euros”.

Para as candidaturas serem elegíveis, “há duas ordens de critérios que devem ser cumpridas”, salientou Pedro Baganha, vereador do Urbanismo, citado no comunicado. A primeira diz respeito aos rendimentos auferidos pelo agregado e a segunda está relacionada com a adequação da tipologia à composição do núcleo familiar, tendo em conta que um T0 deverá ser ocupado por uma a duas pessoas e um T1 ou maior, um a dois elementos por quarto.

Já no que diz respeito aos rendimentos, há um teto máximo de rendimentos que cada agregado pode auferir e “o rendimento mínimo para que uma candidatura seja aceite, é que dessa candidatura não resulte uma taxa de esforço máxima superior a 35%”, acrescentou.

De acordo com o vereador, os contratos de arrendamento terão um prazo máximo de cinco anos, que “poderão ser renovados se se mantiverem os pressupostos das candidaturas”.

O comunicado divulgado adianta ainda a fase de conclusão da reabilitação de 17 imóveis do património municipal no centro da cidade, correspondentes a 59 fogos.

PUB
Pingo Doce Sabe Bem

Viva! no Instagram. Siga-nos.