CIN

Câmara do Porto quer apoiar alojamentos locais que cederam quartos a profissionais de saúde

Câmara do Porto quer apoiar alojamentos locais que cederam quartos a profissionais de saúde

“Os proprietários de alojamentos locais e empreendimentos turísticos da cidade do Porto que cederam quartos a profissionais de saúde na linha da frente do combate à covid-19 vão poder receber um apoio financeiro municipal, a título excecional, próximo dos 111 mil euros”.

A proposta, assinada pelo vereador da Economia, Turismo e Comércio, Ricardo Valente, foi anunciada, esta quinta-feira, pela Câmara Municipal do Porto e vai a votação na reunião do executivo da próxima segunda-feira, dia 25.

Ao todo, prevê abranger “28 entidades e alojamentos, que disponibilizaram um total de 378 quartos, durante 3.606 noites a mais de 200 profissionais de saúde”.

No documento publicado, a autarquia recorda que, ainda antes da declaração de pandemia feita pela Organização Mundial de Saúde (OMS), proprietários de alojamento local, hotéis e demais empreendimentos turísticos, disponibilizaram os seus alojamentos aos profissionais de saúde sem qualquer tipo de compensação.

“Esta área específica do setor do turismo, além de prejudicada pelos cancelamentos massivos de todas as reservas assumiu ainda, e complementarmente, os custos adicionais com esta cedência de alojamento aos profissionais de saúde”, refere ainda a proposta, que determina que o apoio, correspondente ao período de 14 de março e 16 de abril, seja atualizado mensalmente “em função do número de quartos cedidos”.

PUB
www.pingodoce.pt/responsabilidade/premio-literatura-infantil/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=120520-faseilustração&utm_campaign=pli

Viva! no Instagram. Siga-nos.