Pingo Doce

Casa da Música anuncia programação para os próximos meses

Casa da Música anuncia programação para os próximos meses

A Casa da Música apresentou, na quinta-feira, 19 de setembro, a sua programação OUT/DEZ 2019. Os The Art Ensemble of Chicago, o quinteto de Wojtek Mazolewski, João Cavalcanti & Marcelo Caldi, os portugueses Ricardo Toscano, em trio, o guitarrista Manuel de Oliveira e o quarteto do saxofonista Rodrigo Amado são alguns dos nomes do programa da sétima edição do “Outono em Jazz”, um dos grandes destaques da Casa da Música, e que se realiza entre 13 e 30 de outubro.

Mas, ainda antes, a 27 de setembro, será dada continuidade à Integral das Sinfonias de Tchaikovski, que volta, depois, a realizar-se em outubro e novembro, nos dias 25 e 29, respetivamente. Durante a apresentação, António Jorge Pacheco, diretor artístico da instituição, realçou, ainda, o regresso do Artista em Residência, o compositor, maestro e clarinetista alemão Jörg Widmann, que irá dirigir a Sinfónica a 19 de outubro e o Remix, no dia 26.

A pianista Khatia Buniatishvili faz a sua estreia na Casa da Música a 5 de outubro, na Sala Suggia, onde vai antecipar a celebração do ano Beethoven com quatro das suas obras mais célebres: as sonatas “Ao luar”, “A tempestade”, “Patética” e “Appassionata”. Em novembro chega “À Volta do Barroco”, com concertos entre os dias 2 e 17, abrindo com a Sinfónica e o Coro a interpretar a oratória Paulus, de Felix Mendelssohn, a recuperar o legado de Bach, e fechando, novamente, com o Coro a cantar a polifonia renascentista ibérica ao lado de obras de compositores.

Já o mês de dezembro reserva um acontecimento particularmente especial, com o regresso d’O Messias participativo. A Orquestra Barroca e o Coro Casa da Música, um elenco internacional de solistas e um grande coro comunitário, formado por coralistas do Porto e de Braga, interpretam o Messias de Händel, num projeto participativo promovido pela Fundação ”la Caixa”. Os concertos realizam-se na Casa da Música, a 3 de dezembro, e no Theatro Circo, em Braga, no dia 4, seguindo, uma semana depois (dias 10 e 11), para o Auditório Nacional de Música de Madrid.

Recorde-se que esta iniciativa realiza o sonho de muitos coros amadores em trabalhar diretamente com orquestras e maestros profissionais, interpretando uma obra de referência do repertório coral-sinfónico. Este Messias participativo conta com duas centenas de coralistas preparados pelos formadores do Serviço Educativo da Casa da Música, numa experiência que quebra as barreiras entre o palco e a plateia numa celebração coletiva de uma das obras primas da música do período Barroco.

Nascido em 1995, em Barcelona, este projeto já percorreu mais de trinta cidades espanholas, chegando a Portugal, em 2018, com o primeiro Messias participativo apresentado na Casa da Música.

Toda a programação disponível na página oficial da Casa da Música.

PUB
lerlevanosmaislonge.pingodoce.pt/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=240919-maislonge5&utm_campaign=lermaislonge

Viva! no Instagram. Siga-nos.