Recheio

Casa da Música retoma concertos no dia 1 de junho

Casa da Música retoma concertos no dia 1 de junho

A Casa da Música vai retomar a sua programação, redesenhada para se adequar ao momento atual, no dia 1 de junho, acompanhada de fortes medidas restritivas.

A informação foi avançada pel’O Sapo 24, com base na entrevista ao diretor artístico da Casa da Música, António Jorge Pacheco, à Agência Lusa, onde adiantou que, entre as várias medidas adotadas, está a “redução drástica” da sala Suggia, com capacidade para mais de 1.200 pessoas, e que não ultrapassará muito as 200, de forma a respeitar o distanciamento social recomendado, o uso obrigatório de máscara e a colocação de material de desinfeção pelo espaço.

O número de músicos em palco vai estar também limitado e haverá ainda “restrições ao nível dos intérpretes estrangeiros”, que poderão não conseguir deslocar-se até ao Porto, o que levou a programação a ser “refeita”.

De acordo com a mesma nota, o primeiro concerto a fazer-se ouvir na Casa da Música, depois do encerramento forçado de portas devido à pandemia da covid-19, acontece a 1 de junho e será protagonizado pela Orquestra Barroca, que vai interpretar peças de William Corbett, Wilhelmine von Bayreuth, Henry Purcell, Antonio Vivaldi, John Blow e Pedro Jorge Avondano.

No dia 6, subirá ao palco a Orquestra Sinfónica do Porto, sob direção do maestro titular, Baldur Brönnimann, no dia 9 o Quarteto de Cordas de Matosinhos, dia 13, o Remix Ensemble, sob direção do maestro titular Peter Rundel e nos dias 20 e 27 de junho, de novo, a Orquestra Sinfónica.

“Por respeito aos nossos assinantes e ao público, decidimos fazer entrada livre”, revelou ainda o responsável.

PUB
www.pingodoce.pt/responsabilidade/premio-literatura-infantil/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=120520-faseilustração&utm_campaign=pli

Viva! no Instagram. Siga-nos.