Pingo Doce Encomendas Páscoa

CIIMAR distinguido com 2,5 ME para estudar Bioengenharia Azul

CIIMAR distinguido com 2,5 ME para estudar Bioengenharia Azul

O Centro Interdisciplinar de Investigação Marinha e Ambiental (CIIMAR) da Universidade do Porto foi distinguido com uma Era Chair, o “maior Programa de Investigação e Inovação de sempre da União Europeia”.

BlueBio4Future é o nome do projeto que o Centro Interdisciplinar de Investigação Marinha e Ambiental da Universidade do Porto (CIIMAR-UP) viu recentemente aprovado pelo programa Horizonte 2020 da União Europeia, com um financiamento de 2,5 milhões de euros para os próximos cinco anos.

Assim, durante os próximos cinco anos, o CIIMAR vai criar uma equipa de investigação na área da biotecnologia azul, maioritariamente “sustentada na coleção de microalgas e cianobactérias do centro” – a LEGE CC – que contém mais de 1.100 estirpes.

“Esta coleção sediada no CIIMAR servirá de base para o desenvolvimento de metodologias em otimização de bioprocessos, utilizando fotobioreatores, biologia sintética, bioinformática e química verde na descoberta de novas moléculas com aplicações biotecnológicas”, adiantou à Lusa, citada pelo Sapo 24, o centro de investigação da Universidade do Porto.

Vitor Vasconcelos, diretor do CIIMAR, vai liderar a equipa que será constituída por quatro investigadores, três técnicos da área de bioprocessos, bioinformática e biologia sintética e química verde e um gestor de ciência e transferência de conhecimento.

Após a constituição da equipa e instalação de um novo laboratório, serão desenvolvidas tarefas nas áreas da capacitação, relacionamento com stakeholders a nível nacional e internacional, comunicação de ciência e exploração de resultados.

O diretor do CIIMAR considera que este projeto vai permitir ao centro de investigação “continuar a sua afirmação nacional e internacional na área de biotecnologia marinha”.

“Depois de terminado no ano passado a execução do projeto Twinning – BLUEandGREEN, na área da Biotecnologia Marinha, estamos a continuar o seu legado, com a conquista desta ‘Era Chair’ – BlueBio4Future”, salienta Vitor Vasconcelos, investigador responsável por este projeto e titular da Era Chair.

Segundo o centro de investigação da U.Porto, nos últimos cinco anos, a área da Biotecnologia Azul do CIIMAR foi “responsável pela publicação de 653 artigos em revistas internacionais, 28 teses de doutoramento, 139 teses de mestrado e submissão de sete pedidos de patente”.

A linha de investigação da Biotecnologia Marinha no centro de investigação abrange toda a cadeia de conhecimento das equipas da Genómica Evolutiva, Biotecnologia Azul e Ecotoxicologia, Produtos Naturais de Cianobactérias, Química de Produtos Naturais Marinhos, Química Medicinal: Descoberta e Design de Medicamentos, e Bioremediação e Funcionamento dos Ecossistemas.

Os laboratórios destas equipas situam-se no edifício sede no Terminal de Cruzeiros de Leixões, em Matosinhos, mas também nas faculdades de Ciências (FCUP), Farmácia (FFUP), e no Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar (ICBAS9 da Universidade do Porto.

Segundo explica o portal de notícias da U.Porto, as ‘Era Chair’ são financiamentos do Horizonte 2020, o maior Programa de Investigação e Inovação da União Europeia de sempre.

Os projetos das ‘Era Chair’ juntam investigadores de destaque, com excelência comprovada em investigação e capacidade de gestão, a universidades e instituições de investigação dos países em expansão, com potencial para excelência em investigação.

“Atrair e manter recursos humanos de alta qualidade, sob a direção de um investigador destacado e, ao mesmo tempo, implementar as mudanças estruturais necessárias para alcançar a excelência nas instituições de forma sustentável” são os objetivos das ‘Era Chair’.

PUB
www.pingodoce.pt/produtos/take-away/encomendas/pascoa/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=300320-ta5&utm_campaign=takeawaypascoa

Viva! no Instagram. Siga-nos.