BPI

Exposições no Centro Português de Fotografia

Exposições no Centro Português de Fotografia

“Open a Bottle of Port”
Até 11 agosto, Centro Português de Fotografia
A exposição “Open a Bottle of Port” versa sobre o ciclo do vinho do Porto, e é á composta por uma seleção de imagens da Coleção Nacional de Fotografia, dos arquivos da Fotografia Alvão, Lda e de Aurélio da Paz dos Reis, entre outros. Reúne também uma seleção de publicações sobre o tema, bem como câmara e equipamentos fotográficos.
A partir das obras selecionadas, os visitantes são convidados a refletir sobre o circuito da produção vinícola do famoso néctar, tão amado pelo povo português e símbolo apreciado internacionalmente.
Imagem: Vindimas do Douro, Pinhão, 1997
Gelatina e sais de prata
PT/CPF/CNF/000279
© Alfredo Cunha

“Tell the world about us”
Até 22 setembro, Centro Português de Fotografia
Uma exposição fotográfica sobre a liberdade perdida e a dignidade humana.
Através das barras da sua cela solitária, na cadeia para presos políticos, ele conseguiu passar um pedaço de papel para a minha mão. O guarda tinha virado as costas por um momento. O papel tinha apenas uma frase escrita, sem nome: “Diz ao mundo que nós existimos”. Estávamos em 2001.
Este apelo de um anónimo na Colômbia tirou-me a paz. O desconforto de o ter conhecido – e a tantos outros como ele – provocou-me, forçou-me a fazer alguma coisa. Uma década e meia depois, iniciei um projeto de quatro anos, no qual procurei presos esquecidos e outros a quem a liberdade foi tirada. (…) Rune Eraker (Nesodden, setembro 2018)

RAVE/Projeto19
Até 22 setembro, Centro Português de Fotografia
“Queres ser ‘fotógrafa(o)’?
Apropriamo-nos do título de um poema de Bukowski, substituindo o metier a que ele alude, por aquele que melhor se enquadra com o do contexto desta exposição: a fotografia. Poderá dizer-se que esta questão fará sentido para qualquer área que exija uma autodeterminação e vontade própria que consiga ultrapassar as dificuldades a ela inerentes. Mas tem particular premência quando colocada a um conjunto de pessoas que terminam um ciclo de formação.
Não haverá nenhuma razão lógica para responder afirmativamente a esta questão. Mas há vários motivos para dizer “não”. Bukowski elenca-os de uma forma clara e direta. Destaco esta:
“se o simples acto de pensar em fazê-lo te custa,
não o faças.”
Esta exposição é uma seleção do muito trabalho que estes autores realizaram. As temáticas passam pela censura, as histórias infantis, o feminismo, o transformismo, o turismo de massas, os processos analógicos.
Será normal que, não só o pensamento sobre, como a concretização destes projetos, tenha sido um processo custoso. Isto não quer dizer que o conselho de Bukowski deva desde já ser seguido.
Só podemos esperar que, a partir de agora, com outro tipo de solicitações e apesar das dificuldades, custe cada vez menos.” ESMAD / P. Porto

“Comunicar, ligar, unir”
Até 22 setembro, Centro Português de Fotografia
Exposição das fotografias do concurso nacional de fotografia que a ANACOM lançou, em parceria com a Visão, subordinado ao tema “Comunicar, ligar, unir”. Enquadrado nas comemorações dos 30 anos de atividade da ANACOM, o tema deste concurso visa sublinhar o papel das comunicações (eletrónicas ou postais) no estreitamento das relações interpessoais e/ou com a natureza e o meio ambiente.

Horário:
Terça a sexta-feira: 10h às 18h
Sábado, domingo e feriados: 15h às 19h
Encerrado à segunda-feira (exceto durante os meses de julho e agosto), a 1 de janeiro, domingo de Páscoa, 1 de maio e 25 de dezembro
Entrada Livre

Centro Português de Fotografia/ Direção-Geral de Arquivos
Edifício da Cadeia da Relação do Porto
Campo Mártires da Liberdade – Porto
Telf: 222 076 310 | Fax 222 076 311
www.cpf.pt

Viva! no Instagram. Siga-nos.