BPI

FC Porto apresenta equipa de voleibol feminino

FC Porto apresenta equipa de voleibol feminino

A equipa de voleibol feminina da Academia José Moreira/FC Porto foi apresentada esta segunda-feira no Hotel Solverde, em Espinho. O protocolo de colaboração com a Academia José Moreira levará o FC Porto ao campeonato nacional feminino.

José Moreira, antigo jogador de voleibol do FC Porto e fundador da Academia José Moreira, e Pedro Violas, patrocinador oficial da equipa, participaram na cerimónia de apresentação, que contou ainda com a presença de Jorge Nuno Pinto da Costa, presidente do FC Porto, que deu as boas-vindas ao plantel, que foi construído sobre os quatro pilares do clube: “Rigor, competência, paixão e ambição”.

“É particularmente feliz para mim esta cerimónia, por muitas razões. O professor José Moreira iniciou a sua atividade como atleta há muitos anos. (…) Tive a felicidade de lhe poder dar as boas-vindas ao clube e é uma alegria enorme, passados tantos anos como Presidente do FC Porto, ter formalizado este acordo, que é uma homenagem, não só ao voleibol, mas também a si [José Moreira], por aquilo que foi como atleta, como treinador, como homem e como pessoa que se dedica a proporcionar a prática do desporto aos jovens. É uma alegria muito grande que o FC Porto tenha a oportunidade de poder concretizar este projeto, e naturalmente que as minhas palavras finais serão para a equipa técnica e para as atletas. São muito bem-vindas ao FC Porto. Hoje, o FC Porto está um bocadinho maior e mais bonito. Vocês vão compreender que, ao longo da época, vestir a camisola do FC Porto é um orgulho, uma responsabilidade, mas será a forma de serem ainda mais reconhecidas pelos vossos êxitos, no vosso trabalho e no vosso desempenho. Todo o edifício que se constrói tem que assentar em quatro pilares: rigor, competência, paixão e ambição. O rigor com que esta associação foi criada e mantida é uma garantia. A competência que todos têm exercido no seu lugar também é uma certeza. A paixão é fundamental e se não houvesse paixão pelo voleibol e pelo FC Porto, não estaríamos aqui. Falta a ambição, que essa eu tenho a certeza que, nessa juventude radiosa, tem de existir. Pensem que têm de vencer para a vossa felicidade e para todos aqueles que confiam em vocês”, afirmou Pinto da Costa, citado pela página do clube.

Já José Moreira assinalou que“A mística do clube é de tal modo especial que fez crescer em mim um sonho: ter uma escola que um dia estivesse ligada ao FC Porto. Hoje, sou feliz por este sonho se tornar realidade.”

Pedro Violas considera que “O voleibol feminino precisa de ser promovido, e esta junção entre a Academia e o FC Porto é uma ideia genial. Espero que a AJM/FC Porto continue a ser um projeto ganhador. Sei que a dedicação tem sido total, tanto pelas jogadoras como pela equipa técnica. Desejo sorte a toda a equipa.”

O voleibol do FC Porto nasceu em 1941/42, sob a orientação do treinador Fernando Rodrigues Castro. Logo na época seguinte, os dragões sagraram-se campeões regionais em primeira categoria.

“Com nove campeonatos nacionais e seis Taças de Portugal no palmarés, a secção de voleibol encerrou na temporada 1989/90. 20 anos depois, uma nova era da modalidade começa, sempre de azul e branco”, aponta o FC Porto.

PUB
lerlevanosmaislonge.pingodoce.pt/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=240919-maislonge5&utm_campaign=lermaislonge

Viva! no Instagram. Siga-nos.