Philips

Festival Internacional de Cinema do Porto faz 40 anos

Festival Internacional de Cinema do Porto faz 40 anos

A cidade do Porto é palco de um dos festivais de cinema cada vez mais prestigiados a nível europeu e mundial – o Fantasporto -, que celebra este ano o seu 40º aniversário. O Teatro Rivoli acolhe esta festa do cinema de 25 de fevereiro a 8 de março.

2020 “será um ano de festa, de celebração, de recordação dos grandes nomes do cinema que o Fantas catapultou para o estrelato”, apontam, em comunicado, os responsáveis do Fantasporto, Beatriz Pacheco Pereira e Mário Dorminsky.

A 40.ª edição do Fantasporto – Festival Internacional de Cinema do Porto vai começar com a secção Fantas Classics que apresentará os filmes “Blade Runner”, de Ridley Scott (25 de fevereiro), “Dracula”, de Francis Ford Coppola (dia 26), e “O Touro Enraivecido”, de Martin Scorsese (dia 27).

Na abertura oficial, no dia 28, será exibido ‘Adverse’, de Brian Metcalf. “Para salvar a irmã, um motorista tem de se infiltrar num perigoso grupo criminoso, sob indicação de um dos seus passageiros. Com Mickey Rourke (‘The Wrestler’) e um fabuloso leque de atores, vindo do realizador de ‘Living Among Us'”, lê-se na sinopse.

O Fantas prossegue até ao dia 8 de março no Rivoli – Teatro Municipal, onde serão exibidos os filmes dos 37 países apurados, de entre 68 países a concurso, com diversas estreias e antestreias mundiais e nacionais, de entre vários géneros, da comédia ao fantástico, passando pelo drama ou documentário.

Julian Richards é o homenageado da edição de 2020 e irá receber o Prémio Carreira.

O Pequeno Auditório acolhe a secção oficial Prémio de Cinema Português, arrancando no sábado, 29 de fevereiro à tarde, com a longa de Luis Moya, “Por Detrás da Moeda”. Serão exibidos mais de 50 filmes inéditos entre longas e curtas que se dividem entre o Prémio para Melhor Filme Português e Melhor Escola, também aqui só com filmes inéditos.

Também no dia 29 de fevereiro arranca a mostra no Fantasporto dedicada ao cinema de Taiwan. “Depois de se ter abordado os grandes clássicos em 2018, o papel da mulher e a influencia do cinema na emancipação das mulheres de Taiwan em 2019, apresenta-se agora, nesta 40ª edição do festival, esta retrospetiva, ‘The Wheel Of Fortune’, que nos leva a filmes clássicos de 1969 ou 1998 e a outros mais recentes, mesmo já de 2019. Pelas 19.15 diariamente”, lê-se na página do festival.

“Loop”, de Bruno Bini, será o filme apresentado na sessão de encerramento do evento. Mas o último dia reserva uma outra surpresa: a exibição do inédito documentário de longa metragem (110´) de Isabel Pina “40 Anos de Fantasporto”.

O programa do Fantasporto contempla ainda conferências, debates, Q&A´s, apresentações de livros, exposições de artes plásticas, “apelando sempre à criação do gosto cultural”.

Os bilhetes, já à venda, têm um custo de 5 euros. O bilhete duplo, para a mesma sessão, custa 8 euros. O livre trânsito, válido para todo o Festival, tem um custo de 60 euros.

PUB
bandodobosque.pingodoce.pt/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=280120-bando5&utm_campaign=bandodobosque2

Viva! no Instagram. Siga-nos.