Pingo Doce - Vinhos de Setúbal

Francesa Ekkio investe mais de dois milhões no maior zoo do Norte

Francesa Ekkio investe mais de dois milhões no maior zoo do Norte

Com mais de 600 animais albergados, de 200 espécies, estando mais de 40 animais ao abrigo de Programas Europeus de Preservação de Espécies ameaçadas de extinção, o Zoo Santo Inácio, situado em Vila Nova de Gaia, registou “um crescimento de 185% na área do turismo graças a investimento estrangeiro”, segundo indica a dona deste equipamento turístico, em comunicado.

Desde que adquiriu, em 2014, aquele que “é o maior e mais verde jardim zoológico do Porto”, a Thoiry, do grupo francês Ekkio Capital, uma empresa especializada em turismo, garante que “já investiu mais de 2 milhões de euros em ações de melhoria do espaço”. Com esta operação, afirma que se verificou “o aumento do número de visitantes no Zoo (em particular a assumida extensão ao público estrangeiro)” e, consequentemente, o incremento das receitas da bilheteira, o que tem vindo a possibilitar “o enriquecimento permanente dos 15 hectares de área útil e de todas as zonas que o amplo espaço verde contempla”.

Para o futuro, o grupo promete “perpetuar a conservação de espécies em vias de extinção, aumentar o efetivo de espécies que alberga, proporcionar ferramentas pedagógicas sobre as temáticas relacionadas com a missão desta instituição ao público”, assim como “receber o maior e mais variado leque de visitantes, de todos os cantos do planeta, mostrando o que de melhor se faz a este nível, não só em Portugal, mas também à escala mundial”.

Viva! no Instagram. Siga-nos.