BPI

GNR reforça policiamento “para umas férias tranquilas”

GNR reforça policiamento “para umas férias tranquilas”

Tendo em conta que o próximo fim de semana coincide com o período de início de férias para grande parte dos portugueses e com a entrada de milhares de turistas e de emigrantes em Portugal, a Guarda Nacional Republicana (GNR) anunciou que vai intensificar as ações de patrulhamento e apoio, em todo o território nacional, com particular ênfase nas praias, festas, romarias e eventos de grande dimensão assim como nos principais eixos rodoviários, nomeadamente nas fronteiras terrestres, onde se espera a chegada de inúmeros portugueses que regressam ao país.

Assim, de forma a garantir a segurança durante os deslocamentos, de e para os locais de veraneio e eventos de diversa natureza, próprios desta altura do ano, em que se regista um aumento substancial de tráfego, a GNR vai privilegiar uma atuação preventiva, orientando o esforço para as vias mais críticas da sua zona de ação. O objetivo é “combater a sinistralidade rodoviária, garantir a fluidez do tráfego e apoiar todos os utentes das vias, proporcionando-lhes uma deslocação em segurança”, lê-se no comunicado enviado, que revela, ainda, que, para o efeito, contará com o apoio da Guardia Civil do Reino de Espanha para a realização de ações de sensibilização e fiscalização, na proximidade das fronteiras terrestres.

Nesta época, outra das preocupações da GNR é a prevenção da criminalidade contra o património e, por isso, tem ativo o “Programa Chave Direta”, que visa garantir a segurança das residências habituais dos cidadãos que se encontram de férias, através da realização de ações de patrulhamento junto das mesmas durante a ausência dos seus proprietários. “A adesão ao programa deve ser solicitada pelo menos 48 horas antes da ausência dos proprietários da residência, através do registo disponível online em Verão Seguro, ou no posto da GNR da respetiva área de residência”, lembra.

Atualmente, a GNR tem ainda implementado o Programa Turismo Seguro, cujo objetivo é “promover o apoio, a segurança e o combate ao crime contra o turista, nacional ou estrangeiro, contribuindo assim para uma estadia pacífica para quem visita Portugal”. Neste âmbito, os militares desenvolvem ações de informação e sensibilização a este público em específico, de forma a prevenir os potenciais riscos e perigos durante a sua estadia.

Para promover e facilitar o policiamento de proximidade com os turistas e numa conjuntura de cooperação internacional, a GNR irá, também, contar com a presença permanente de militares da Guardia Civil do Reino de Espanha, da Gendamarie Nationale francesa e dos Carabinieri de Itália para a realização de patrulhamento misto, nas zonas balneares mais turísticas do Porto, Lisboa, Setúbal e Algarve.

Uma vez que se prevê, para este fim de semana, temperaturas elevadas e o aumento do risco de incêndio, será também reforçado o patrulhamento terrestre em todo o território continental, no intuito de prevenir incêndios florestais, indica a GNR.

A GNR finaliza o comunicado enviado à comunicação social com alguns conselhos e medidas de segurança que a população deve adotar para ter “umas férias tranquilas e em segurança”.

Durante a condução:

  • Efetue um planeamento cuidado das viagens, evitando os períodos em que se prevê maior intensidade de tráfego;
  • Descanse convenientemente antes de efetuar a viagem e, pelo menos de 2 em 2 horas, ou sempre que sintam necessidade, efetuem paragens para descansar;
  • Adeque a velocidade às condições climatéricas, ao estado da via e ao volume de tráfego;
  • Mantenha a calma em situações de elevada intensidade de tráfego, que possam obrigar à circulação a baixa velocidade;
  • Evite manobras que possam resultar em embaraço para o trânsito ou contribuir para a ocorrência de acidentes;
  • Adote uma condução atenta e defensiva, contribuindo para a redução dos índices de sinistralidade rodoviária.

Na residência:

  • Instale um alarme contra intrusão e informe as forças de segurança com jurisdição na sua área de residência;
  • Dê uma aparência de atividade à sua residência;
  • Peça a alguém que abra regularmente as persianas e cortinas, durante o dia, e que ligue a iluminação interior algumas noites;
  • Não divulgue a estranhos que vai de férias;
  • Verifique que fechou bem as portas e janelas;
  • Não deixe acumular a correspondência na sua caixa de correio: peça a alguém da sua confiança para a recolher;
  • Se possível, saia de casa para gozar as suas férias, as horas com menos movimento;
  • Informe o seu vizinho de confiança: ele é a sua segurança mais próxima. A solidariedade entre vizinhos inibe a ação dos marginais;
  • Guarde em lugar seguro joias, dinheiro, valores e objetos de arte.

Em passeio a pé:

  • Não ostente joias, relógios ou outros objetos de valor elevado;
  • Nunca junte os códigos e os cartões de crédito;
  • Não tenha todo o dinheiro, telemóvel e cartões num só sítio. Separe os locais onde os guarda;
  • Use roupa que tenha bolsos interiores com fecho, de forma a dificultar o furto por carteiristas;
  • Use as mochilas no peito;
  • Evite andar sozinho em zonas desertas e em horas de menor afluência de pessoas.

Na residência de férias:

  • Caso a habitação tenha cofre, guarde aí os objetos mais valiosos ou suscetíveis de furto;
  • Ao sair da habitação, verifique se janelas e portas ficam bem fechadas/trancadas;
  • Durante a noite, não durma de janelas abertas;
  • Nunca deixe objetos de grande valor à vista, sendo que este cuidado ainda é mais importante quando o quarto/habitação está acessível da rua ou está situada no rés do chão;
  • Caso a residência seja alvo de furto, informe as autoridades assim que possível.

Em passeio/visita de locais turísticos de automóvel:

  • Nunca deixe objetos à vista no interior do automóvel;
  • Ao abandonar o veículo, certifique-se que este ficou trancado e com os vidros fechados;
  • Após estacionar, não tire objetos do habitáculo para a mala do veículo (deverá fazê-lo antecipadamente);
  • Caso seja vítima de furto, informe imediatamente as autoridades.

Na praia:

  • Leve o mínimo indispensável para a praia;
  • Não ostente objetos de valor;
  • Evite deixar os objetos pessoais visíveis quando for à água;
  • Se possível, solicite a um conhecido que vigie os seus pertences.

Nos espaços florestais e agrícolas, durante este período, é proibido nos espaços florestais e agrícolas:

  • Fumar, fazer lume ou fogueiras;
  • Fazer queimas ou queimadas;
  • Lançar foguetes e balões de mecha acesa;
  • Fumigar ou desinfestar apiários, salvo se os fumigadores estiverem equipados com dispositivos de retenção de faúlhas;
  • A circulação de tratores, máquinas e veículos de transporte pesados que não possuam extintor, sistema de retenção de fagulhas ou faíscas e tapa chamas nos tubos de escape ou chaminés;
  • Realizar de fogo para a sua confeção de alimentos.
PUB
Pingo Doce Bairro Feliz

Viva! no Instagram. Siga-nos.