BPI

Mais de 7500 pessoas contra privatização do estacionamento no Porto

Mais de 7500 pessoas contra privatização do estacionamento no Porto

José Pedro Ferraz entregou o documento, que defende o fim da privatização do estacionamento na cidade, mas o vereador do Urbanismo e Mobilidade, Gonçalo Gonçalves, recusou a hipótese, garantindo que a autarquia não pretende “parar com este processo”.
O vereador aproveitou a iniciativa do munícipe para esclarecer que, ao contrário do que constava no texto do abaixo-assinado, não vai existir um aumento de “260%” dos lugares pagos. “Temos quase quatro mil lugares e vamos passar para seis mil, o que é mais ou menos um aumento de 50%”, referiu. O processo de privatização prevê ainda a atribuição de quatro mil lugares ao concessionário como compensação por cada cartão de residente emitido pela câmara. De acordo com o vereador, estes lugares destinados a residentes vão ter preços estabelecidos pela autarquia, que ficarão “muito abaixo do dos parquímetros”.

Viva! no Instagram. Siga-nos.