Recheio

Novo presidente da Liga de clubes conhecido esta quinta-feira

Novo presidente da Liga de clubes conhecido esta quinta-feira

António Laranjo pretende tirar partido do aumento do número de equipas e da entrada em cena das formações B para angariar mais receitas. “Se vamos quase duplicar a atividade, uma vez que na nova Liga de Honra passamos dos atuais 240 para os 462 jogos, não poderemos ter menos do dobro da exposição/receitas que já temos”, apontou.
Por outro lado, Mário Figueiredo defende uma negociação coletiva dos direitos e uma melhor repartição das receitas. “O que se pretende é uma mudança de paradigma a médio e longo prazo, que permita, ao negociar coletivamente os direitos televisivos, que o valor global que todos recebem aumente”, explicou.

PUB
www.pingodoce.pt/responsabilidade/premio-literatura-infantil/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=10022020-pli&utm_campaign= fasetexto

Viva! no Instagram. Siga-nos.