Pingo Doce

“O Narciso Com Pelos no Nariz” vence Prémio de Literatura Infantil Pingo Doce

“O Narciso Com Pelos no Nariz” vence Prémio de Literatura Infantil Pingo Doce

Andreia Penso Pereira, de 38 anos, é a autora do texto vencedor da 5ª edição do Prémio de Literatura Infantil Pingo Doce. “O Narciso Com Pelos no Nariz” é uma história que enquadra temas atuais, como o da violência na escola e a importância decisiva da coragem e da amizade para a enfrentar.

“A história vencedora revela e valoriza a relação entre irmãos, e aborda, de uma forma simples, com ritmo e sentido de humor, a magia de coisas que se descobrem na adolescência”, refere em comunicado o pediatra Mário Cordeiro, em representação do júri do prémio, que tem o valor global de 50 mil euros – 25 mil para texto, 25 mil para ilustração.

“É uma história que enquadra temas atuais, como o da violência na escola e a importância decisiva da coragem e da amizade para a enfrentar”, acrescentou.

Além de Mário Cordeiro, o júri do Prémio foi constituído pelas jornalistas Laurinda Alves e Sara Miranda, pela professora da Escola Superior de Educação de Coimbra Leonor Riscado e pela escritora Rosário Alçada Araújo.

Andreia Penso Pereira é licenciada em Matemáticas, cresceu em Vidago e vive atualmente no Estoril. “Tal como acontece com uma das personagens da história, a poesia marcou muito a minha entrada na adolescência. Mas o gosto pelas ciências exactas levou-me para as matemáticas e durante muito tempo não escrevi. Foi o nascimento da minha filha que me fez voltar a escrever e, por isso, tenho nela a minha inspiração. Como invento histórias para lhe contar, decidi começar a escrevê-las”, contou Andreia, para quem “receber este prémio é a realização de um sonho”.

O Prémio de Literatura Infantil Pingo Doce vai já na 5ª edição, tendo recebido este ano mais de 1200 candidaturas válidas. Segundo a organização, as candidaturas são provenientes de todas as regiões de Portugal Continental e das Ilhas, sendo Ribatejo, Estremadura, Minho e Douro Litoral as regiões com maior representatividade. “As mulheres representaram mais de 70% do universo total de candidatos e a faixa etária que mais obras submeteu à avaliação do Júri situou-se, uma vez mais, entre os 36 e os 45 anos”, acrescenta.

Uma vez apurado o texto vencedor, segue-se agora a segunda fase do concurso na categoria da Ilustração, que decorrerá até ao dia 30 de julho. André Letria, Jorge Nesbitt, Jorge Silva, Paula Tavares e Sara Miranda são os elementos que compõem o júri desta categoria.

Com o Prémio de Literatura Infantil, o Pingo Doce pretende estimular o gosto pela leitura junto dos públicos infantil e infanto-juvenil. Através da atribuição anual de um prémio monetário a autores sem obras publicadas, o Pingo Doce pretende incentivar a emergência de novos talentos nas áreas da literatura e da ilustração em Portugal.

O lançamento do livro, que reunirá os dois trabalhos vencedores, está marcado para novembro.

PUB
lerlevanosmaislonge.pingodoce.pt/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=240919-maislonge5&utm_campaign=lermaislonge

Viva! no Instagram. Siga-nos.