BPI

Prémio D. António Francisco distingue Associação Portuguesa de Apoio à Vítima

Prémio D. António Francisco distingue Associação Portuguesa de Apoio à Vítima

A Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV) venceu a segunda edição do Prémio D. António Francisco, no valor de 75 mil euros.

Em comunicado, a organização da iniciativa – Associação Comercial do Porto, Irmandade dos Clérigos e Santa Casa da Misericórdia do Porto – salienta que o “projeto selecionado representa uma causa que merece sempre a maior atenção e cuidado de toda a sociedade. O trabalho desenvolvido por esta associação cumpre de forma exemplar os objetivos deste prémio.”

O Prémio D. António Francisco destina-se “a apoiar cidadãos que se distingam na promoção e defesa da dignidade da pessoa humana, na defesa e promoção dos direitos humanos, no diálogo inter-religioso e ecuménico e na promoção da paz”. 

O galardão é uma homenagem ao bispo António Francisco dos Santos, que morreu em 2017, pela relevante obra na cidade do Porto e como referência de amor ao próximo e de solidariedade. É entregue anualmente, a 11 de setembro, na data de falecimento do Bispo do Porto.

A Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV) é uma instituição particular de solidariedade social, pessoa coletiva de utilidade pública, que tem como objetivo estatutário promover e contribuir para a informação, proteção e apoio aos cidadãos vítimas de infrações penais.

É uma organização sem fins lucrativos e de voluntariado que apoia, de forma individualizada, qualificada e humanizada, vítimas de crimes, através da prestação de serviços gratuitos e confidenciais.

Em 2018, o Prémio D. António Francisco distinguiu o Centro de São Cirilo e o trabalho do Serviço Jesuíta aos Refugiados na Unidade Habitacional de Santo António, dos Jesuítas.

PUB
lerlevanosmaislonge.pingodoce.pt/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=240919-maislonge5&utm_campaign=lermaislonge

Viva! no Instagram. Siga-nos.