Pingo Doce - Alimentação equilibrada

Santo Tirso com passe único a partir de 1 de maio

Santo Tirso com passe único a partir de 1 de maio

O município de Santo Tirso vai ter passe único já a partir de 1 de maio. A medida, antecipada um mês, uma vez que estava prevista entrar em vigor apenas a 1 de junho, surge depois de um diálogo “intenso” e “profícuo” com os operadores de transporte, salienta o presidente da Câmara, Joaquim Couto, de acordo com informação avançada no portal de notícias da autarquia.

Os utentes dos serviços da Arriva, Landim, Pacence e CP urbanos passam, assim, a poder usufruir das vantagens que este passe oferece, ou seja, “pagar 30 euros para circular dentro do município, ou até três zonas contíguas, e pagar 40 euros para outros concelhos da Área Metropolitana do Porto”.

“A Câmara teve uma participação ativa no diálogo com os operadores que prestam serviço no Município de Santo Tirso, de forma a que a implementação do passe único fosse efetuada o mais rapidamente possível“, aponta Joaquim Couto, salientando que, só assim, foi possível ter o passe único em funcionamento já a partir do próximo mês.

O presidente da Câmara de Santo Tirso destaca que esta “é uma medida de grande alcance social, que vai beneficiar milhares de utentes”, acrescentando, ainda, que se trata de “uma verdadeira revolução na área dos transportes, ao permitir a intermodalidade entre os diferentes operadores e entre territórios”.

No que respeita à Transdev e à Rodoviária D’Entre Douro e Minho, a autarquia salienta que estas estão “em processo de aquisição dos validadores”, sendo que entram “no sistema de passe monomodal com os mesmos valores de 30 e 40 euros” que o passe único.

Viva! no Instagram. Siga-nos.