PD

TEP estreia no Rivoli a peça “O dia da Matança na história de Hamlet”

TEP estreia no Rivoli a peça “O dia da Matança na história de Hamlet”

O Grande Auditório Manoel de Oliveira, do Teatro Municipal Rivoli, é, esta sexta-feira, palco da peça “O dia da Matança na história de Hamlet”, uma versão da peça de Shakespeare do dramaturgo francês Bernard-Marie Koltès. Com encenação de António Júlio, o espetáculo do Teatro Experimental do Porto (TEP) conta, ainda, com mais duas apresentações agendadas para este fim de semana.

Esta adaptação concentra toda a ação num único dia, “evidenciando a velocidade dos acontecimentos e a violência dos atos”, destaca a Câmara Municipal do Porto no seu portal de notícias. O município desvenda, ainda, que Hamlet e Ofélia, Gertrudes e Cláudio, as únicas personagens que sobrevivem à história original, aparecem logo condenadas. “Com objetivos distintos e com fim anunciado, defrontam-se, combatem, lutam pelo poder e pelo amor”.

Citado pela autarquia portuense, António Júlio explicou que: “o que ele [Koltès] faz na verdade é muito livremente, creio eu, verter todas as outras personagens – ou muitas delas – e as suas palavras, e colocá-las na boca de cada uma destas outras personagens”. E acrescentou que, no contexto da colaboração com o TEP, esta versão lhe parecia “a mais adequada para propor e para desenvolver”.

“O dia da Matança na história de Hamlet” estreia às 21 horas desta sexta-feira, enquanto que os espetáculos de sábado e domingo estão agendados para 19 e às 17 horas, respetivamente.

Viva! no Instagram. Siga-nos.