CIN

Uma viagem, virtual, aos recantos de Portugal

Uma viagem, virtual, aos recantos de Portugal

O tempo excecional que vivemos não nos permite fazer aquilo que, para muitos, é uma verdadeira paixão, viajar, muito menos com a liberdade que tanto gostamos e estávamos acostumados. Não nos permite sair de casa para ir, simplesmente, à descoberta. Efeitos de uma pandemia que está a mudar o mundo, e continuará a mudar, até haver aquilo por que todos ambicionamos: uma vacina que trave a covid-19. Contudo, há algo que este novo coronavírus não nos tirou e que, pelo contrário, intensificou: a nossa resiliência, a nossa bondade, a capacidade de nos reinventarmos a cada dia e, sobretudo, de surpreendermos. Por isso, acredite que não precisa de sair de casa, pelo menos para já, para se maravilhar com o que de melhor há no nosso Portugal.

A Brisa lançou, recentemente, um roteiro que lhe permite conhecer os mais belos recantos de Norte a Sul do país sem sair, veja lá, do conforto do seu sofá. Trata-se de uma “visita guiada by Brisa”, integrada no programa “Viagens & Vantagens da Via Verde”, que convida os portugueses a conhecerem melhor algumas localidades através do olhar dos Gestores Operacionais da marca, como adianta o Notícias ao Minuto.

“Este roteiro virtual passa por locais emblemáticos de Portugal, que nos relembram que somos um povo lutador e capaz de vencer mais esta batalha”, revelam os promotores, citados na notícia divulgada, acrescentando que o roteiro “desvenda ainda algumas curiosidades muitas vezes desconhecidas”.

“De uma ponte secular em Ponte de Lima, ao leitão da Mealhada, passando pela histórica cidade de Coimbra ou até espreitando as bonitas praias da Arrábida. Esta é apenas uma parte de um roteiro proposto pela Brisa que afirma ter seguido «o olhar e as palavras de quem conhece bem todos os recantos destas localidades, e onde percorrem diariamente muitos quilómetros»”, lê-se na publicação divulgada.

No roteiro não constam três cidades que, para nós, são, efetivamente, das mais emblemáticas de Portugal: o Porto, claro está, Matosinhos e Vila Nova de Gaia. E é precisamente por aqui que o aconselhamos a começar esta viagem. Porque não uma visita virtual à Torre dos Clérigos e ao Palácio da Bolsa? À Livraria Lello, à Casa da Música, aos jardins do Palácio de Cristal… Ou então ao Mosteiro da Serra do Pilar? Ao Mosteiro de Leça do Balio e Igreja de Matosinhos? Há tanto para descobrir…

Depois disso, embarque na “visita guiada by Brisa” e deixe-se deslumbrar!

Ponte de Lima
Neste passeio, siga José Leitão Silva pela ponte histórica que deu nome à localidade, numa visita ao Museu do Brinquedo e ao Festival Internacional dos Jardins, e ainda a olhar com orgulho para os jovens atletas do Clube Náutico local, casa de campeões olímpicos. Há ainda tempo para fazer uma ronda pelas tabernas locais e provar o famoso vinho verde, servido em malgas, como dita a tradição.

Mealhada
“Quem visita a Mealhada apaixona-se pelo que vê, pelo que sente, pela cultura, natureza e gastronomia desta terra”. É assim que Helder Curado, gestor do Centro Operacional da Feira/Mealhada, começa a apresentar o local que escolheu para esta viagem. Mais conhecida pelo famoso Leitão da Bairrada, a Mealhada está cheia de surpresas. A começar pela Mata Nacional do Bussaco, candidata a Património Mundial da UNESCO. Helder percorre os seus trilhos fascinado com a beleza natural e a história antiga que por ali encontra.

Coimbra
António Pinto dos Santos conhece Coimbra como a palma da mão. Nesta visita, leva-nos a conhecer toda a zona histórica que vai desde a Sé Velha à Igreja de Santa Cruz. Não fica esquecida a margem esquerda do rio, onde se encontram o Mosteiro de Santa Clara-a-Velha e o Parque Verde do Mondego.

Montemor-o-Velho
Miguel Santos Veiga, gestor do Centro Operacional da Marinha das Ondas, apresenta Montemor-o-Velho, um local cheio de história, representada pelo seu imponente castelo, mas, mais importante, cheio de habitantes que o recebem com um sorriso por cada sítio que passa. Neste roteiro, leva-nos a percorrer o bonito castelo e ruas de Montemor-o-Velho, a visitar o Centro Equestre e o Clube Náutico, e a conhecer (e provar!) os conhecidos pastéis de tentúgal, entre outras iguarias locais.

Alenquer
A menos de uma hora de Lisboa, Alenquer passa debaixo do radar de muitos viajantes. Mas Ricardo Graça Santos, gestor do Centro Operacional do Carregado, não vê local melhor para nos levar a passear. Afinal, “esta terra tem muita história e muito para visitar”. Nesta viagem por Alenquer, apresenta-nos o Convento de São Francisco, o primeiro mosteiro franciscano fundado em Portugal, e o bonito Palácio Municipal de Alenquer.

Loures
Rui Beja caminha pelas salas do Palácio do Correio-Mor, em Loures, com um olhar de descoberta. O passeio leva-o a visitar dois palácios com uma beleza extraordinária, a Igreja Matriz, apelidada pelas gentes da terra como a “catedral saloia”, e a percorrer as ruas da Quinta do Mocho que, entretanto, se tornou na maior galeria de arte pública da Europa.

Setúbal
Nesta viagem, David Marques Ladeira veste o papel de turista na sua própria cidade e parte à descoberta daquilo que de melhor a região tem para oferecer. Começamos no coração da cidade — a Praça de Bocage — para percorrer a pé as bonitas ruas de Setúbal. Já no Parque Natural da Serra da Arrábida, aguardam-nos as praias reconhecidas internacionalmente pela sua beleza natural, bem como o Convento da Nossa Senhora da Arrábida.

A viagem completa por estes recantos portugueses é feita aqui.

PUB
www.pingodoce.pt/responsabilidade/premio-literatura-infantil/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=120520-faseilustração&utm_campaign=pli

Viva! no Instagram. Siga-nos.