BPI

Valentim Loureiro absolvido no caso da Quinta do Ambrósio

Valentim Loureiro absolvido no caso da Quinta do Ambrósio

O coletivo de juízes decretou a inexistência de provas de um alegado “esquema ardiloso” concebido para ludibriar a proprietária dos terrenos. O juiz-presidente afirmou, contudo, que não lhe parece “curial que a Câmara sirva de agência de mediação imobiliária”.
Na sequência do mesmo processo, o vice-presidente da Câmara, José Luís Oliveira, e o fiscalista Laureano Gonçalves foram igualmente absolvidos da acusação de burla qualificada, mas condenados por branqueamento de capitais, com referência a fraude fiscal simples, a um ano e dez meses de prisão, pena suspensa por igual período. O filho de Valentim Loureiro, Jorge Loureiro, e o advogado António Ramos Neves também foram condenados por branqueamento de capitais.
PUB
lerlevanosmaislonge.pingodoce.pt/?utm_source=vivaporto&utm_medium=banner&utm_term=banner&utm_content=240919-maislonge5&utm_campaign=lermaislonge

Viva! no Instagram. Siga-nos.